Uma história da câmara de filma: o poder da imagem

Uma história da câmara de filma: o poder da imagem

Quais as implicações de sermos expostos a bilhões de imagens todos os dias que competem pela nossa atenção? Esta longa-metragem é um mergulho no vasto oceano histórico da cultura dos médias. "Máquina Fantástica" de Alex Danielson e Maximilien Van Aertryck oferece um estudo emblemático de cinema e da história social.

Da primeira câmara para 45 bilhões de câmaras em todo o mundo atualmente, os cineastas e sociólogos visuais ampliam as suas lentes para expor a obsessão única da humanidade com a imagem da câmara e as consequências sociais que estão por vir.

Reunindo material de arquivo histórico, vídeos caseiros, conteúdos de transmissão ao vivo e clipes de caçadores de emoção no topo de um arranha-céu, ou até uma angustiante fotografia da imprensa exibindo a violência, a Máquina Fantástica oferece um estudo emblemático de cinema e da história social.

A Melodia do Amor e da Separação

Jorge está a realizar um filme baseado em “Le Trio en Mi Bemol”, a única peça de teatro escrita por Éric Rohmer. A história segue Adélia e Paul, que já estão divorciados há algum tempo. Um dia, Adélia visita Paul e, durante o decorrer do ano, eles encontram-se sete vezes. Para o realizador Jorge, é necessário, por vezes, reorganizar a história e limpar os pormenores para poder contar a história novamente, mesmo que não saiba exatamente porquê.

O realizador e produtor sueco Axel Danielson faz parte da prestigiada produtora Plattform Produktion, desde 2005. Tornou-se coproprietário da mesma em 2012. Trabalha em colaboração com Maximilien Van Aertryck, realizador, produtor e diretor de fotografia, e colega dos tempos em que frequentavam a escola de cinema em Gotemburgo, na Suécia.

Juntos, produziram e realizaram a curta-metragem documentária premiada Ten meter tower, vencedora do Prémio Especial do Júri de Clermont-Ferrand, selecionada para os Óscares e nomeada para os Emmys, em 2017. Em 2023, lançaram a sua primeira longa-metragem, Fantastic Machine, apresentada no Festival de Sundance, onde recebeu o Prémio do Júri Documentário, e no Festival de Berlim, onde ganhou o Prémio AG Kino Gilde – Cinema Vision 14plus.

A Subversão Estética e Política

Duas jovens encantadoras chamadas Marie vivem uma série de emocionantes experiências, nas quais fazem de tudo para se divertir. Elas frequentam piscinas públicas, nightclubs, provocam os homens e causam estragos durante um banquete.

Máquina Fantástica de Axel Danielson e Maximilian Van Aertryck é a sugestão do Screenings Funchal, numa parceria com os Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, para sexta e sábado, 24 e 25 de maio.

O cliente NOS, portador do seu cartão, tem direito a dois bilhetes pelo preço de um. Se for sozinho, além do bilhete, tem a oferta de um menu pequeno de pipocas e bebida. Vamos aproveitar estas vantagens com mais um momento de grande cinema que o Screenings Funchal proporciona.

Convidamos a assistir esta longa-metragem com a nossa companhia. Até lá, confira o que lhe contamos no portal do Screenings Funchal.

Diana Gouveia
ET AL.
Com fotograma da película de Axel Danielson.