Universidade de Exeter abre mestrado em Magia

Universidade de Exeter abre mestrado em Magia

O Instituto de Estudos Árabes e Islâmicos da Universidade de Exeter aguarda, para setembro, a sua primeira turma no mestrado em Magia e Ciências Ocultas. Um ano letivo dedicado ao esoterismo, feitiçaria, magia e outras artes ocultas.

Para uma instituição integrada na lista das 20 melhores do Reino Unido pelo Guardian University Guide 2023, a Universidade de Exeter deu o que parece ser um passo ousado em abrir um mestrado, em nada mais nada menos, do Magia e Ciências Ocultas, cuja diretora é Emily Selove, doutora em Literatura Medieval Arábica.

Trata-se, na verdade, de uma especialidade na área da História, dedicado ao estudo dos fenómenos de esoterismo, bruxaria, magia ritual ou ciência oculta, do ponto de vista antropológico e cultural, sob a responsabilidade do Centro de Magia e Esoterismo da Universidade de Exeter.

Os FATUM na Torre de Londres

Os FATUM, o grupo de fados da ACADÉMICA DA MADEIRA, passaram pela Torre de Londres, numa atuação privada e pouco conhecida. Foi em 2016, quando os integrandes do grupo atuaram por convite do capelão católico da guarda pessoal de Sua Majestade Britânica.

Apesar do curso pesar sobretudo o estudo da história das artes mágicas há, na verdade, uma grande diversidade de cadeiras opcionais que abordam arqueologia, paleografia, filosofia, estudos sobre a mulher, tecnologia ou história oral. Uma das unidades curriculares é inteiramente dedicada à lenda do rei Artur. A duração é total de um ano letivo ou, como indicado pela universidade, de dois anos letivos para estudantes a tempo parcial.

Estudantes internacionais são bem-vindos, pagando propinas de 24.300 libras para estudante a tempo integral ou 12.150 libras para estudantes a tempo parcial. A Universidade, porém, dá ainda dicas para bolsas de estudo e outras formas de financiamento, que servem a qualquer candidato a cursos de pós-graduação.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotografia de Artem Maltsev.