FATUM iniciam a digressão pelo Reino Unido promovendo a Herança Madeirense

A 27 de janeiro, a ACADÉMICA DA MADEIRA promove a Herança Madeirense junto das comunidades portuguesas e lusodescendentes no Reino Unido. Promoção de música portuguesa e das obras MADEIRA ILUSTRADA e CONTINHOS POPULARES MADEIRENSES estão entre as atividades planeadas.
Cúpula da Catedral de São Paulo, ao fundo, em Londres.

Foi em 2016 que os FATUM estiveram pela primeira vez na capital inglesa, passando pela Torre de Londres, quando os integrandes do grupo atuaram por convite do capelão católico da guarda pessoal de Sua Majestade Britânica.

Em enfermagem, desde o Reino Unido

Após o término do curso, tirei uns meses para reflectir sobre o meu futuro profissional, devido a toda uma conjuntura socioeconómica que vivíamos. Na Madeira, nascido e criado, encontro-me agora a escrever para vós desde o Reino Unido, país onde agora resido e trabalho. Quando fui convidado a escrever-vos e

No Reino Unido, os dados oficiais dos serviços consulares portugueses estimam residirem 400 mil portugueses, dos quais 40% nasceram em Portugal e 18% são lusodescendentes de naturalidade britânica. Trata-se de um setor da diáspora portuguesa composto por uma das maiores comunidades madeirenses emigradas, para as quais a ACADÉMICA DA MADEIRA pretende desenvolver várias ações culturais diversas.

Encontros, apresentações de livros, concertos de música e outros eventos que promoverão a Madeira e o seu património serão realizadas com o propósito de aproximar jovens lusodescendentes da sua matriz cultural, na área de Londres e nas Ilhas do Canal.

FATUM gravam novo videoclipe em Londres

Durante nove dias, os FATUM estiveram em digressão no Reino Unido. Aproveitando a oportunidade, o grupo utilizou alguns dos cenários icónicos da cidade de Londres para promover a música portuguesa.

Na bagagem, a comitiva da ACADÉMICA DA MADEIRA leva MADEIRA ILUSTRADA por Andrew Picken, obra sobre a Ilha, realizada por dois britânicos de estadia na Madeira na primeira metade do século XIX, e CONTINHOS POPULARES MADEIRENSES, antologia de contos populares recolhidos e organizados por Alfredo Vieira de Freitas.

Além dos livros que servirão de mote à descoberta da Madeira, os FATUM irão realizar alguns espetáculos de música, com fados, baladas e guitarradas de Coimbra, temas de artistas madeirenses e outros êxitos da música ligeira portuguesa.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotografia de Jonathan Chng.

DESTAQUES