Junto ao arame farpado

Junto ao arame farpado

Rudolf Höss é o comandante de Auschwitz, Hedwig é a sua mulher. Juntos tentam construir uma vida de sonho para a família numa vivenda ajardinada, junto ao famoso campo de concentração nazi na Polónia.

Um dos locais mais visitados na Polónia é o antigo campo de concentração nazi de Auschwitz, testemunho de um dos período mais negros da história europeia e cenário de várias atrocidades cometidas contra judeus, ciganos, prisioneiros políticos (como comunistas, socialistas e sindicalistas), criminosos comuns, alemães considerados “preguiçosos” ou “antissociais”, Testemunhas de Jeová, homossexuais, espiões e outros.

Em A zona de interesse, surge-nos a história dos Höss, Rudolf e Hedwig, um casal de classe média alemão, que tenta tornar num lar para a sua família, uma vivenda cor de laranja junto ao campo de concentração. A justificação da estranha vizinhança explica-se na função de Rudolf, que é o comandante do próprio campo.

Poesia nas Conversas de Bar

Uma escritora empreende uma longa viagem para visitar uma amiga que é proprietária de uma livraria e que não vê há muito tempo. Durante um passeio, encontra um realizador e a sua mulher, e todos caminham num parque onde se deparam com uma atriz. A escritora, inspirada, decide então criar um filme e tenta convencer a atriz a ser a protagonista. 

Jonathan Glazer nasceu em Londes, em 1965, e formou-se em design pela Universidade de Nottingham Trent. Durante anos desenvolveu a sua atividade profissional no teatro, na realização de trailers para filmes e para televisão. Em 1993, abraça a cinematografia, com a realização de três curtas-metragens e, em 2000, realiza o aclamado Sexy Beast, que valeu a Ben Kingsley a nomeação para um Óscar como ator num papel coadjuvante.

Glazer acumula, no seu currículo entre outros, indicações para os BAFTA (Reino Unido) e o Leão de Ouro (Veneza, Itália).

Conquistou o Grande Prémio do Júri no Festival de Cannes, em 2023, com A zona de interesse, a sugestão do Screenings Funchal, numa parceria com os Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, para sexta e sábado, 19 e 20 de janeiro.

Até ao fim do mundo.

Um traficante de escravos, uma fugitiva e o seu salvador. Três vidas cruzadas por obra do acaso ou do destino formam um triângulo amoroso que é o cerne desta apresentação da Screenings Funchal.

Ilha à vista!

”Os modelos Carl e Yaya movimentam-se no mundo da moda, enquanto exploram os limites da sua relação. O casal é convidado

LER MAIS...

O cliente NOS, portador do seu cartão, tem direito a dois bilhetes pelo preço de um. Se for sozinho, além do bilhete, tem a oferta de um menu pequeno de pipocas e bebida. Vamos aproveitar estas vantagens com mais um momento de grande cinema que o Screenings Funchal proporciona.

Convidamos a assistir esta longa metragem com a nossa companhia. Até lá, confira o que lhe contamos no portal do Screenings Funchal e deixe-se ficar com a antevisão.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotograma da película de Aki Kaurismäki.