Procurar
Close this search box.

Entre Memórias e Projeções

Um grupo de mulheres cinéfilas, com idades entre os 70 e os 90 anos, compartilham as suas experiências como frequentadoras assíduas dos cineclubes. Estes locais, ainda presentes pelo país, desempenharam um papel crucial durante o período de repressão política, quando eram associados não apenas à paixão pelo cinema, mas também à resistência política.

Morada desenrola-se num cenário único, na cidade do Porto, onde estas mulheres frequentaram diversos locais de exibição cinematográfica. Através de uma etnografia cuidadosamente elaborada, o filme combina os testemunhos destas espectadoras com a observação dos locais icónicos do cinema na cidade.

A Subversão Estética e Política

Duas jovens encantadoras chamadas Marie vivem uma série de emocionantes experiências, nas quais fazem de tudo para se divertir. Elas frequentam piscinas públicas, nightclubs, provocam os homens e causam estragos durante um banquete.

A Diva dos pés nus

A “diva dos pés descalços”, a icónica Cesária Évora num documentário que mostra imagens nunca vistas e oferece uma visão nunca antes

LER MAIS...

O cineclubismo e o papel das associações culturais são aspetos marcantes deste período histórico, onde a resistência política e a cinefilia se entrelaçavam em ambientes de reunião específicos. Estas mulheres viveram intensamente a magia do cinema na sua forma mais tradicional: a experiência cinematográfica numa sala escura, onde as histórias ganhavam vida no grande ecrã.

Eva Ângelo, cineasta portuguesa, nasceu em Lisboa em 1975. É conhecida pela sua abordagem sensível e íntima nos seus documentários, capturando histórias humanas e culturais de forma única. Outra obra notável é Água, realizada em 2010. Eva Ângelo continua a deixar a sua marca no cinema documental, enriquecendo a sétima arte com as suas narrativas autênticas e significativas.

O documentário leva-nos a embarcar numa jornada nostálgica, repleta de lembranças afetuosas e reflexões sobre o impacto do cinema na vida destas mulheres e na história da cidade do Porto. Uma comovente homenagem à cultura cinematográfica e ao amor pelo cinema que transcende gerações.

Morada é a sugestão do Screenings Funchal, numa parceria dos Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, para sexta e sábado28 e 29 de julho. O cliente NOS, portador do seu cartão, tem direito a dois bilhetes pelo preço de um. Se for sozinho, além do bilhete, tem a oferta de um menu pequeno de pipocas e bebida. Vamos aproveitar estas vantagens com mais um momento de grande cinema que o Screenings Funchal proporciona.

A Odisseia de Ryuko

Em 1937, durante a ocupação japonesa da Manchúria, Ryuko, uma jovem de família nobre, recebe a notícia de que foi escolhida para se casar com o irmão mais novo do imperador da Manchúria com base numa fotografia. Isso obriga-a a deixar o Japão e a adaptar-se a uma nova vida

Homem de Luz

“Antes não havia nada, depois fiat lux.” A evocação da luz, que foi a matéria-prima da obra do Homem de Luz

LER MAIS...

Convidamos para a experiência que este filme proporciona, na nossa companhia. Confira no site do Screenings Funchal e fique com a antevisão.

António Roque
ET AL.
Com fotograma da película de Eva Ângelo.

DESTAQUES