Home sweet home!

Quando uma cidade deixa de ser casa, tudo o que fica são memórias. Entre Lisboa e Banguecoque, duas mulheres encontram-se num carrossel de passado, presente – e talvez futuro – que acelera uma juventude em tumulto. A vida adulta, a carreira e os afetos tornam-se avassaladores, numa história que começa quando L conhece K.

Em tailandês, “Baan” significa casa e este é o título da primeira longa-metragem de ficção de Leonor Teles. Esta é a história de L, interpretado por Carolina Miragaia, nova estagiária num ateliê de arquitetura e que vive uma montanha-russa emocional, com o fim de um relacionamento para começar outro. Um filme estreado mundialmente no Festival de Locarno, na Suíça.

Leonor Diogo Vitorino Teles é uma cineasta portuguesa, nascida em 1992, em Vila Franca de Xira. Formou-se em Realização e Cinematografia, pela Escola Superior de Teatro e Cinema, e é mestre em Audiovisual e Multimédia, pela Escola Superior de Comunicação Social do Instituto Politécnico de Lisboa. Em 2013, realizou o seu primeiro filme, o documentário Rhoma Acans, homenagem ao povo cigano, a que pertence o pai a a família paterna. Detentora de vários galardões nacionais e internacionais, em 2016 tornou-se a mais jovem realizadora premiada com o Urso de Ouro em Berlim, com a sua curta Balada de um Batráquio.

A Subversão Estética e Política

Duas jovens encantadoras chamadas Marie vivem uma série de emocionantes experiências, nas quais fazem de tudo para se divertir. Elas frequentam piscinas públicas, nightclubs, provocam os homens e causam estragos durante um banquete.

Baan de Leonor Teles é a sugestão do Screenings Funchal, numa parceria com os Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, para sexta e sábado, 12 e 14 de abril.

O cliente NOS, portador do seu cartão, tem direito a dois bilhetes pelo preço de um. Se for sozinho, além do bilhete, tem a oferta de um menu pequeno de pipocas e bebida. Vamos aproveitar estas vantagens com mais um momento de grande cinema que o Screenings Funchal proporciona.

Convidamos a assistir esta longa metragem com a nossa companhia. Até lá, confira o que lhe contamos no portal do Screenings Funchal.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotograma da película de Leonor Teles.