Procurar
Close this search box.

Amor e Reconciliação em Tempos de Adversidade

Um ano após a retirada das forças americanas do Japão, Tanaka fez a sua estreia como realizador, abordando os dilemas profissionais e pessoais de Reikichi, um veterano repatriado que procura reencontrar o seu amor perdido. Ao mesmo tempo, Reikichi traduz cartas românticas escritas por prostitutas japonesas para os soldados americanos, explorando assim as suas relações.

Carta de Amor, realizado por Kinuyo Tanaka, é um filme que decorre no Japão logo após o fim da ocupação americana. A história centra-se em Reikichi, um veterano repatriado em busca do seu amor perdido. Enquanto lida com os seus conflitos pessoais e profissionais, Reikichi encontra um trabalho peculiar: traduzir cartas românticas escritas por prostitutas japonesas para soldados americanos. Através desta tarefa, ele envolve-se numa complexa rede de relações, onde as emoções se entrelaçam entre amor, esperança e desilusão.

Fantasia musical

2069. Um rei sem coroa, no leito de morte, lembra uma canção antiga, as árvores, um pinhal ardido e um tempo em que ao desejo de ser bombeiro e livrar Portugal do flagelo dos incêndios se juntou com outro desejo.

Kinuyo Tanaka foi uma aclamada atriz e realizadora japonesa, nascida em 29 de novembro de 1909. Iniciou a sua carreira no cinema mudo e ao longo do seu percurso, participou em mais de 250 filmes. Foi galardoada com vários prémios ao longo da sua carreira, incluindo o prémio de Melhor Atriz no Festival de Cannes em 1975. Kinuyo Tanaka foi uma figura importante na indústria cinematográfica japonesa, deixando um legado significativo tanto como atriz como realizadora.

Com uma narrativa envolvente e diálogos bem construídos, o filme mergulha-nos nas camadas mais íntimas das personagens, revelando as suas angústias, esperanças e anseios. A estética visual cuidadosamente elaborada e a banda sonora emotiva contribuem para criar uma atmosfera única que transporta o espetador para a época retratada.

Cartas de Amor é uma obra-prima do cinema que combina habilmente a história individual de Reikichi com a história coletiva do Japão pós-guerra.

A Diva dos pés nus

A “diva dos pés descalços”, a icónica Cesária Évora num documentário que mostra imagens nunca vistas e oferece uma visão nunca antes explorada sobre a vida da cantora cabo-verdiana que, apesar de não corresponder ao modelo normal de sucesso, foi capaz de superar todas as condições que normalmente a afastariam da

O Screenings Funchal, em parceria com os Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, sugere o filme Carta de Amor para este sábado, 3 de junho. Os clientes NOS que possuem o cartão da empresa têm a oportunidade de adquirir dois bilhetes pelo preço de um. Se preferirem assistir sozinhos, têm direito a um bilhete, além de receberem como oferta um menu pequeno de pipocas e uma bebida. Esta é uma excelente ocasião para desfrutar de mais um momento incrível de cinema oferecido pelo Screenings Funchal.

Convidamos-te a assistir a este filme na nossa companhia. Até lá, dê uma espreitadela no site do Screenings Funchal.

António Roque
ET AL.
Com fotograma da película de Kinuyo Tanaka.

DESTAQUES