Um novo conceito de tratamento no documentário de Nicolas Philibert

Um novo conceito de tratamento no documentário de Nicolas Philibert

O Adamant é um Centro de Dia único: é um edifício flutuante. Construído nas margens do Sena, no coração de Paris, acolhe adultos com problemas mentais, oferecendo-lhes uma estrutura de atendimento que os estrutura no tempo e no espaço, os ajuda a reconectar-se com o mundo, a encontrar um pouco de ‘momentum’.

Numa barcaça presa a um cai no meio do rio Sena, em Paris, funciona um centro de dia para pessoas que sofrem de perturbações mentais, aberto desde 2010. Não há dormitórios, nem camas, nem salas de tratamento, apenas ateliers de artes e um bar, onde tem lugar um tratamento baseado em dois tipos de terapia, o diálogo e a expressão artística. A equipa que o anima tenta resistir ao máximo à decadência e desumanização da Psiquiatria.

O reflexo da imaginação

Num hotel localizado na costa norte de Portugal, diversos clientes reúnem-se durante um fim de semana. Três famílias enfrentam desafios em estágios avançados de seus ciclos de aceitação.

Sobre o L’Adamant é um documentário de 110 minutos, realizado por Nicolas Philibert, com apoio dos pacientes e dos cuidadores do Centro de Dia L’Adamant, com argumento de Linda de Zitter e do próprio realizador.

Nicolas Philibert é um ator e cineasta francês, nascido em Nancy, em 1951. Formado em Filosofia pela Universidade de Grenoble, Philibert é um aclamado autor de documentários, género que lhe granjeou um César, o mais alto galardão do cinema francês, e com Prémio do Cinema Europeu, em 2002, por Ser e ter. Este ano, Sobre o L’Adamant rendeu-lhe o Urso de Ouro da categoria de documentário, no Festival Internacional de Cinema de Berlim.

Sobre L’Adamant é a sugestão do Screenings Funchal, numa parceria com os Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, para sexta e sábado, 10 e 11 de novembro.

O cliente NOS, portador do seu cartão, tem direito a dois bilhetes pelo preço de um. Se for sozinho, além do bilhete, tem a oferta de um menu pequeno de pipocas e bebida. Vamos aproveitar estas vantagens com mais um momento de grande cinema que o Screenings Funchal proporciona.

Remorsos de amor

Este fim de semana, a Screenings propõe-nos uma leitura cinematográfica do romance de Shusaku Endo “A Mulher que eu Abandonei”, que

LER MAIS...

Convidamos a assistir a esta longa metragem na nossa companhia. Até lá, confira o que lhe contamos no portal do Screenings Funchal e deixe-se ficar com a antevisão.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotograma da película de Nicolas Philibert.