Emancipação nipónica

A viúva Nobuko partilha residência com Tamiko e Junjiro, os dois filhos do seu falecido marido. Tamiko é uma jovem mulher com pretensões de independência, enquanto que Junjiro vive acamado, acometido por uma doença e a tristeza de uma separação recente. As tensões familiares crescem quando Nobuko decide procurar um pretendente para casar com Tamiko. A escolha recai entre um mulherengo descarado e um romântico com problemas de assertividade. Autópsia das angústias do pós-guerra, o filme esboça um retrato imperdoável da nova sociedade japonesa.

Envolto em escuridão e dúvidas que são apresentadas pela vida, a viúva Nobuko tem que se empenhar para poder viver o seu dia a dia com dignidade e de cabeça erguida. Após o falecimento do seu marido, Nobuko fica encarregado de cuidar dos filhos do seu falecido marido, Tamiko e Junjiro.

Existe uma epistola envolta do enredo com que o visualizador tem de estar atento. Irão ocorrer mudanças suaves no enredo que são importantes, mas só o mais atento irá conseguir captar a maneira como estas personagens e a cultura envolvente evoluem na adversidade.

Tomu Uchida nasceu a 26 de abril de 1898, em Okayama, Japão. Diretor e ator conhecido por A Fugitive from the Past (1965), Miyamoto Musashi VI (1971) and Tsuchi (1939), faleceu a 7 de agosto de 1970, no seu país natal.

O portal do Screenings Funchal afirma ser a segunda “de 3 obras que compõe o ciclo MESTRES JAPONESES DESCONHECIDOS, que iremos exibir com a frequência de um filme por mês até Dezembro.”

CADA UM NA SUA COVA é uma sugestão do Screenings Funchal, numa parceria com os Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, para sexta e sábado, 25 e 26 de novembro. O cliente NOS, portador do seu cartão, tem direito a dois bilhetes pelo preço de um. Se for sozinho, além do bilhete, tem a oferta de um menu pequeno de pipocas e bebida. Vamos aproveitar estas vantagens com mais um momento de grande cinema que o Screenings Funchal proporciona.

Esta longa metragem a preto e branco relata a vida de Nobuko Tamiko e Junjiro. Junjiro vive acamado por causa de uma doença e a sua tristeza é infectante, fazendo um excelente trabalho quando retrata a mesma para a audiência. Mas as tenções crescem e agonizam-se quando Nabuko tenta arranjar um marido para Tamiko.

Um enredo passado no pós-Segunda Guerra Mundial e o retrato cru da sociedade japonesa da época, numa feroz crítica ao papel da mulher num império nipónico em cinzas, limitado a servir e procriar. Venha testemunhar os eventos que irão decorrer, na nossa companhia. Até lá, confira o que lhe contamos e muito mais. Fique com a antevisão.

Alexandre Freitas
ET AL.
Com fotograma da película Cada um na sua Cova.

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA