A Vida como Arte

A Vida como Arte

Em 'Cidade Rabat' acompanhamos o luto de Helena, uma produtora de cinema de quarenta anos, após o falecimento da mãe. Enquanto vive uma vida alternada com a filha e enfrenta a rotina burocrática do trabalho, Helena é envolvida por um sentimento de órfã e morbidez. 

Cidade Rabat envolve-se na vida de Helena, uma cineasta imersa na fusão entre a sua arte e vida pessoal. Aborda a universalidade da incerteza e das expetativas, ressaltando a habilidade de enfrentar desafios. Uma obra de Susana Nobre que tece uma teia de conexões emocionais por meio de fragmentos de experiências.

Às portas da Europa

“A vida de Paco (Fernando Alves Pinto Paco), um jovem estudante de São Paulo, Brasil, desmorona-se com a morte da mãe e o fim de um sonho de ser attor.

O filme segue a sua jornada de despertar emocional, equilibrando-se entre a melancolia e uma segunda adolescência.

Susana Nobre, nascida em Lisboa, Portugal, em 1974, é uma cineasta de renome. Formou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade de Lisboa e desempenhou um papel fundamental na criação do Laboratório de Criação Cinematográfica na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. A sua filmografia inclui No Táxi do Jack, que integrou a Screenings Funchal em março passado e recebeu o Prémio de Melhor Longa-Metragem Portuguesa no IndieLisboa 2021, além de ter sido distinguida com o Prémio do Júri de Imprensa Cision para melhor filme no festival Caminhos do Cinema Português.

É desvendada a jornada da cineasta Helena, enfrentando luto e mudanças tanto pessoais quanto profissionais. O filme entrelaça memórias, conectando passado e presente, e explora a capacidade humana de se adaptar diante de tragédias e situações embaraçosas. Uma abordagem tocante e pessoal que ecoa com temas amplamente compartilhados.

Cidade Rabat é a sugestão do Screenings Funchal, numa parceria com os Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, para sexta e sábado, 18 e 19 de agosto. O cliente NOS, portador do seu cartão, tem direito a dois bilhetes pelo preço de um. Se for sozinho, além do bilhete, tem a oferta de um menu pequeno de pipocas e bebida. Vamos aproveitar estas vantagens com mais um momento de grande cinema que o Screenings Funchal proporciona.

Poesia nas Conversas de Bar

Uma escritora empreende uma longa viagem para visitar uma amiga que é proprietária de uma livraria e que não vê há muito tempo. Durante um passeio, encontra um realizador e a sua mulher, e todos caminham num parque onde se deparam com uma atriz. A escritora, inspirada, decide então criar um filme e tenta convencer a atriz a ser a protagonista. 

Convidamos-vos a assistir esta longa metragem com a nossa companhia. Até lá, confira o que lhe contamos no portal do Screenings Funchal e deixe-se ficar com a antevisão.

António Roque
ET AL.
Com fotograma da película de Susana Nobre.