ACADÉMICA DA MADEIRA participou no CNU de voleibol de praia

Este artigo tem mais de 1 ano

A Praia da Rocha, no Algarve, foi o palco do Campeonato Nacional Universitário de voleibol de praia durante os dias 15 e 16 de maio. Foi a quarta participação em competição nacional universitária da ACADÉMICA DA MADEIRA em 2023, depois de alguns anos sem integrar as provas universitárias em tantas modalidades.

A Praia da Rocha, em Portimão, recebeu a modalidade durante dois dias, com dezenas de atletas universitários. Ricardo Freitas Bonifácio e Rodrigo Caldas foram os representantes da ACADÉMICA DA MADEIRA na prova organizada Associação Académica da Universidade do Algarve, com o apoio da Câmara Municipal de Portimão.

A competição, sob a égide da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), reuniu atletas do Algarve, de Aveiro, de Braga, de Leiria, de Lisboa, da Madeira e do Porto.

A dupla madeirense começou a competição segunda-feira com uma vitória, por 2-0 (15-11; 15-12), frente a Universidade Nova de Lisboa, com Carlo Frassinetto e Miguel Silva.

No segundo jogo, os atletas da ACADÉMICA DA MADEIRA perderam, por 2-0 (15-5; 15-7), para a dupla Hugo Campos e D. Oliveira, da Universidade do Porto.

O Hugo Campos, da Universidade do Porto, é campeão nacional de voleibol de praia, juntamente como João Pedrosa, do Politécnico do Porto, que faz parte de outra dupla. Juntos, são campeões mundiais universitários ao serviço da seleção portuguesa.

Hugo Campos da Universidade do Porto e João Pedrosa do Politécnico do Porto são campeões mundiais universitários ao serviço da seleção portuguesa setembro de 2022 Fotografia da FISUFADU

A vitória nos Mundiais Universitários de Voleibol de Praia aconteceu em setembro de 2022, na cidade de Maceió, no Brasil. A dupla, na final, venceu os suíços Immanuel Zürcher e Jonathan Jordan (2-1).

Na terça-feira, a dupla que representa a ACADÉMICA DA MADEIRA, realizou os três jogos.

O primeiro jogo do dia terminou com a vitória por 2-0 (15-6; 15-11), frente a dupla da Associação dos Estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, que era constituída por Gonçalo Dias e Tiago Mendes.

No segundo encontro, voltou a surgir uma vitória para dupla madeirense, que venceu por 2-0 (15-7; 15-11) a dupla João Manero e João Ascenso, da Associação dos Estudantes da Faculdade de Ciências de Lisboa.

No seu último encontro do dia e da competição, Ricardo Bonifácio e Rodrigo Caldas acabaram saindo derrotados por 2-0 (15-8; 15-8) frente a dupla Bernardo Oliveira e João Neves da Associação Académica da Universidade de Aveiro.

Deste modo, os atletas da ACADEMICA DA MADEIRA terminaram no nono lugar entre 30 duplas que participaram na competição.

Ricardo Bonifácio confessado que “é de louvar” a obtenção desta classificação “porque já haviam treinado juntos ao longo destes meses” sendo importante a participação neste CNU para “terem tido oportunidade de conviver com vários estudantes de todas as instituições de ensino superior”.

Já Rodrigo Caldas realçou que foi “uma experiência extremamente gratificante, onde aprendi e evolui imenso a nível desportivo”. O atleta refere que estas oportunidades também são importantes para “evoluir o desporto universitário na região”.

Ricardo Freitas Bonifácio, Presidente da Direção da ACADÉMICA DA MADEIRA, e Rodrigo Caldas são estudantes da Faculdade de Ciências Sociais da UMa. A participação da prova nacional foi possível através do apoio da Associação de Voleibol da Madeira, da Brisa Maracujá e do restaurante Já Fui Jaquet.

Vítor Vasconcelos
com Luís Eduardo Nicolau
ET AL.
Com fotografia de Salvador Freitas.