A UMa repleta de orgulho: Nuno Pereira foi o 5.º melhor nos 1500m em Chengdu

Eram 14:10 no Funchal quando o português Nuno Pereira, estudante da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade da Madeira (UMa), integrou o coletivo dos melhores atletas universitários do mundo para os 1500 metros.
Nuno Pereira terminou em 5.º lugar na final dos 1500m dos Jogos Mundiais Universitários da FISU Chengdu.

O desporto, em particular o universitário, padece de falta de investimento e de criação e aplicação de uma estratégia nacional para esse segmento. Nuno Pereira superou todas as dificuldades que o desporto universitário enfrenta e, com o trabalho que desenvolve há vários anos, chegou aos lugares cimeiros do atletismo universitário mundial.

Funchal recebe o Campeonato Universitário de Basquetebol 3×3

A ACADÉMICA DA MADEIRA organiza com a Associação de Basquete da Madeira e em parceria com a FADU, a primeira edição do Campeonato Nacional Universitário de Basquetebol 3×3 na Madeira. Os torneios CNU masculino e feminino iniciam-se segunda-feira, 6 de março.

Com a marca de 3:41.46, o atleta que, a nível nacional, representa o Sporting CP, terminou a prova dos 1500 metros conseguindo a 5.ª melhor marca nos Jogos Mundiais Universitários. O francês Robert Benoit venceu a competição, com o tempo de 3:38.61, seguido do argelino Oussama Cherrad, com 3:42.82, e do arménio Yervand Mkrtchyan, com 3:40.64, que fechou o pódio.

Portugal acumulava, até quinta-feira, quatro medalhas nas Universíadas que acontecem na cidade chinesa de Chengdu, na província de Sichuan.

Na natação, o estudante Gabriel Lopes foi o campeão universitário dos 200 metros estilos, com um tempo de 1.59,12 minutos. O atleta universitário João Coelho venceu os 400 metros em atletismo, e, na terça-feira, Eliana Bandeira, conseguiu a medalha de prata no lançamento de peso.

O jovem estudante da UMa possui uma carreira coroada de vários feitos

Como refere a Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), com “um tempo de 44,79, o atleta português bateu o recorde absoluto nacional e o recorde da história dos Jogos Mundiais Universitários, um resultado que encheu o coração de João Coelho”.

Nuno Pereira, em declarações para FADU, referiu que “neste momento não estou na melhor forma, devido a uma lesão, e isso notou-se hoje. Acho que podia ter lutado pelos lugares do pódio, e estive numa boa posição para o fazer mas no fim não consegui dar mais. Resta-me descansar, recuperar da lesão e trabalhar para poder estar presente nos Jogos Olímpicos no próximo ano”.

Citando o apoio que tem recebido, frisou o seu agradecimento pois tem “sentido muito apoio vindo de casa, de toda a gente que está em Portugal. Queria agradecer por tudo isso, e dizer que ainda não acabou porque ainda tenho um grande caminho para percorrer, e mais resultados para alcançar”.

O jovem estudante da UMa, com uma carreira coroada de vários feitos, foi Campeão de Portugal nos 800 metros, em 2020, e, em 2019, Campeão Europeu de sub20, nos 1500 metros.

Luís Eduardo Nicolau
ET AL.
Com fotografia da FADU.