Procurar
Close this search box.

Madeira volta a receber um Campeonato Nacional Universitário

A natação é a modalidade que a Federação Académica do Desporto Universitário decidiu trazer para Madeira a 9 de março. As provas serão realizadas no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal, com o apoio da Associação de Natação da Madeira.
Campeonato Nacional Universitário de Natação piscina longa de 2023, realizado a 18 de junho, no Complexo de Piscinas de Campanhã, no Porto.

Diogo Afonso Câmara, estudante da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade da Madeira (UMa) e voluntário da ACADÉMICA DA MADEIRA, integra a organização local dos Campeonatos Nacionais Universitários de Natação (piscina longa), que acontecerá no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal, a 9 de março.

Em 2023, a prova aconteceu no Complexo de Piscinas de Campanhã, com a participação de cerca de 170 estudantes-atletas. A Associação Académica de Coimbra ganhou o troféu coletivo. Para conhecer um pouco dos preparativos do evento, a ET AL. conversou com o jovem estudante da UMa.

Como surge a intenção de realizar mais uma prova universitária da Madeira?

O Campeonato Nacional Universitário é um evento desportivo de alto nível que reúne atletas de diversas instituições de ensino superior do país. Visto que a Madeira reúne condições excelentes para a realização desta competição, a Federação Académica do Desporto Universitário propôs-nos esse desafio e a ACADÉMICA DA MADEIRA aceitou.

O que o público pode esperar desta prova?

Os Campeonatos Nacionais Universitários (CNU) geralmente apresentam atletas talentosos e muito bem treinados, que competem nas respectivas modalidades desportivas, por isso o público poderá assistir a emocionantes disputas entre os melhores jovens atletas do país. Além disso, estes eventos criam uma atmosfera de rivalidade saudável e promovem um espírito competitivo entre as instituições.

Como avalia a participação que a ACADÉMICA DA MADEIRA teve na última edição dos CNU?

No que diz respeito à organização do evento desportivo, a ACADÉMICA DA MADEIRA, sendo a comissão organizadora local, teve uma participação ativa no planeamento e coordenação de todos os aspetos do CNU, influenciando assim o seu sucesso. Já no que diz respeito à participação dos estudantes atletas que representaram a ACADÉMICA DA MADEIRA estes tiveram uma participação exemplar alcançando o 5.º lugar entre as restantes instituições de ensino superior.

Sendo o desporto universitário uma área ainda pouco valorizada, que sugestões daria para potencializar este segmento?

Apesar do desporto universitário ser uma área pouco valorizada, poderá trazer inúmeros benefícios, incluindo o desenvolvimento de talentos desportivos, promoção do bem-estar físico e psicológico, integração na comunidade académica, entre outros. Portanto, uma das sugestões seria criar programas de bolsas de estudo desportivas de forma que possa incentivar o recrutamento e retenção de atletas talentosos, além de ajudar os estudantes atletas a equilibrar as necessidades académicas e desportivas.

Entrevista conduzida por Luís Eduardo Nicolau
Com fotografia da FADU.

DESTAQUES