Governo Regional premiou os estudantes com melhores médias de candidatura ao Ensino Superior

Com o final de 2023, o Governo Regional da Madeira entregou 17 bolsas de mérito aos estudantes que obtiveram as melhores notas de candidatura ao ensino superior.

No Salão Nobre do Palácio do Governo Regional da Madeira, à avenida João Gonçalves Zarco, no dia 29 de dezembro Miguel Albuquerque, entregou as bolsas de mérito aos estudantes se candidataram ao ensino superior com as classificações mais elevadas, no ano letivo de 2022/2023.

A cerimónia contou ainda com a presença de Jorge Carvalho, secretário regional que tutela a Educação, e de João Costa e Silva, diretor regional do Gabinete do Ensino Superior.

Controlo da qualidade

Quem nunca ouviu falar em qualidade nos dias de hoje?! Qualidade é um termo cada vez mais frequente no nosso vocabulário, seja em termos de produto, serviço ou até de vida. Qualidade é todo um conjunto de procedimentos estabelecidos segundo normas, que permitem atingir os objectivos com mais eficácia e

Foram distinguidos os três melhores estudantes de cada curso do ensino secundário, oriundos de várias escolas da região, que, este ano letivo, ingressaram no ensino superior diferentes instituições nacionais em Ciências e Tecnologias, Ciências Socioeconómicas, Artes Visuais, Línguas e Humanidades. A eles juntaram-se também os estudantes que ficaram em primeiro e segundo lugar no ingresso em Cursos das Vias Profissionalizantes que tal como os colegas têm uma média de candidatura superior a 180 pontos (18 valores).

A cada estudante foi atribuída uma bolsa única de 1.000 euros (1.º prémio), 750 euros (2.º prémio) e 500 euros (3.º prémio), para cada curso do ensino secundário em cinco categorias, com Ciências e Tecnologias subdivido nas duas áreas de cursos superiores de Saúde e de Engenharia e Tecnologias. No caso das vias profissionalizantes, este ano foram atribuídas bolsas apenas ao primeiro e segundo classificados.

Governo Regional constrói alojamento para jovens no centro do Funchal

A 31 de outubro, o presidente do Governo Regional esteve na apresentação do novo empreendimento público destinado a promover habitação para jovens. Entre quartos simples ou duplos e estúdios com kitchenettes, o “Living Studios 31 de Janeiro” oferecerá 88 camas residenciais, no coração do Funchal.

Esta foi a terceira edição da atribuição das bolsas de mérito pelo Governo Regional, apostado em “realçar que a meritocracia, o reconhecimento do mérito de cada um, é um valor essencial para o aperfeiçoamento das nossas sociedades”, conforme o seu presidente, Miguel Albuquerque, que afirmou que o “igualitarismo é mau”.

Depois de uma no marcado por greves no ensino de norte a sul do país, Miguel Albuquerque destacou que os estudantes madeirenses se aproximam das médias dos estudantes da OCDE, segundo o Programa de Avaliação Internacional dos Alunos – PISA 2022.

Em declarações recolhidas pela agência LUSA, o governante indicou que “no futuro, o que pretendemos é que os jovens madeirenses tenham um sistema educativo dos melhores do mundo. Este é um objetivo prioritário da Madeira [… pois] o grande elevador social é a educação, não os artifícios nem os mecanismos de intervenção do Estado”.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotografia de Marcel Eberle.

DESTAQUES