Concerto com Obras Clássicas do Repertório Operático

Depois dos intensos concertos apresentados pela Orquestra Clássica da Madeira no final do ano e no ano novo, esta prepara um concerto operático baseado em obras do compositor italiano Gioacchino Rossini e do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart para apresentar em 2024, dia 13 de janeiro, pelas 18:00, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa da Madeira, integrado na Iniciativa “Parlamento Mais Perto”.

Um concerto baseado principalmente na criação genial de Mozart, que neste mês de janeiro comemora os seus 268 anos do seu nascimento (27.01.1756). Mozart é considerado um dos maiores nomes da música erudita e, um dos compositores mais importantes da história da música clássica.

Este concerto, que conta com a estreia da jovem soprano Tatiana Vizir com a Orquestra Clássica da Madeira e conta também com o experiente e carismático maestro húngaro Tibor Bogányi.

O maestro e violoncelista Tibor Bogányi, que já se apresentou por diversas vezes na condução da Orquestra Clássica da Madeira foi, durante doze anos, Maestro Principal da Orquestra Filarmónica de Pannon da Hungria e durante cinco anos da Pori Sinfonietta da Finlândia.

Quanto à jovem soprano, Tatiana Vizir, que está prestes a concluir o seu mestrado, já participou em vários projetos, entre os quais na gravação da música para o filme “ANIMA”, que em 2021 obteve o Grande Prémio do Festival de Cinema de Asolo (Itália); e no presente é solista no “Music Hall Theatre” de São Petersburgo, sob a direção do Maestro Principal o italiano Fabio Mastrangelo, que desde 2013 exerce também o cargo de diretor artístico.

Sobre o programa, a Orquestra Clássica da Madeira apresenta-se com a sua formação clássica abordando, não só obras para orquestra de cordas, obras com orquestra na sua formação total, assim como arias de óperas de Mozart para Soprano e Orquestra.

Esta é mais uma proposta artística num registo diferente dos últimos que a Orquestra apresentou nos meses de novembro e dezembro, que vai também ao encontro das expetativas do nosso estimado público.

No âmbito da responsabilidade formativa e pedagógica da Orquestra Clássica da Madeira, os alunos e formandos de todas as áreas artísticas do Conservatório-Escola das Artes da Madeira têm entrada livre mediante apresentação de cartão estudante e disponibilidade da sala.

É sob o lema “Compromisso e Equilíbrio” que a Orquestra Clássica da Madeira assume como sua responsabilidade de oferecer concertos com repertórios de elevada qualidade artística com a melhor companhia, o seu admirável público, contribuindo para o conhecimento e a dinâmica da própria sociedade, levando todo o esplendor da música a preencher os seus corações de alegria.

Norberto Gomes
Diretor Artístico da Orquestra Clássica da Madeira

DESTAQUES