A terminar a época desportiva, recordamos o CNU de março

A terminar a época desportiva, recordamos o CNU de março

A época do desporto universitário está a terminar e recordamos o Campeonato Nacional Universitário que a ACADÉMICA DA MADEIRA foi novamente anfitriã, em março, desta vez na modalidade de Natação.
Campeonato Nacional Universitário de Natação piscina longa de 2024, realizado em março, no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal.

Em março, decorreu no Funchal o Campeonato Nacional Universitário (CNU) de Natação, promovido pela Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), coorganizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA e pela Associação de Natação da Madeira (ANM).

Tratou-se do segundo CNU organizado organizado na Região. A 6 e 7 de março de 2023, a Praça do Povo acolheu perto de 100 atletas, estudantes em 14 instituições de ensino superior distintas para o CNU de Basquetebol 3×3, feminino e masculino.

170 estudantes-atletas estiveram nas Piscinas Olímpicas do Funchal para disputar o CNU de Natação e, em nome da ACADÉMICA DA MADEIRA, participaram dois estudantes da UMa, Luís Galvão Gouveia e Paulo Alves.

Luís Galvão Gouveia, realizou a prova de 200 metros estilos em 2:11:27, alcançando, assim, o 1.° lugar do pódio. Para o atleta o principal intuito era “dignificar a universidade da Madeira e tentar ganhar uma medalha”.

Paulo Alves, também realizou a prova de 200 metros estilos, com o tempo 2:26:71, conseguindo o 7.° lugar. Nos 100 metros bruços, completou a prova com o tempo 1:12:05, conquistando o 5.º lugar. O atleta indicou que “estava mais confiante para a prova de 100 metros bruços do que para a prova de 200 metros estilos”.

Oito equipas voltam a disputar o TROFÉU DO REITOR em abril

Dia 8 de abril acontece a XVIII edição do TROFÉU DO REITOR, o torneio interuniversitário organizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA com o apoio da Federação Académica do Desporto Universitário e da Associação da Madeira de Desporto para Todos. A competição regressa ao Campus Universitário de São Roque.

“Tinha a expetativa de que não ia melhorar ambos os tempos, pois estive cerca de dois anos sem praticar natação”, indicou Paulo Alves, que mostrou estar em excelente forma, sobretudo para quem havia “retomado os treinos para os campeonatos universitários há cerca de uma semana”.

Luís, feliz, referiu que sai do campeonato com “a sensação de dever cumprido”. “Abdiquei dos 100 metros mariposa pois não teria tempo para descansar entre provas e assim tentar alcançar o lugar mais alto do pódio nos 200 metros estilos e foi o que se verificou”, sublinha terminado com “por isso não podia estar mais satisfeito”.

Paulo considera que “foi uma boa prestação para o tempo e nível de treino que tive”, refere satisfeito com os resultados obtidos.

Para Ricardo Freitas Bonifácio, Presidente da Direção da ACADÉMICA DA MADEIRA, faz um balanço muito positivo relativamente à organização deste evento: “é um prazer poder dar a conhecer não só o nosso trabalho, como também a nossa equipa e a nossa região aos nossos colegas de outras universidades”.

O trabalho conjunto da ACADÉMICA e da ANM com a FADU foi elogiado por ambos os atletas. Luís Galvão Gouveia avaliou como “excelente a organização deste evento”. Para Paulo Alves, “os campeonatos realizaram-se de maneira normal”, pelo que “deveriam haver mais campeonatos e eventos desta dimensão na região”, explica.

Ricardo Freitas Bonifácio destacou a importância que a prática desportiva no ensino superior tem para a saúde mental dos estudantes: “numa altura em que falamos imenso da prevenção da saúde mental e segundo os dados que a Académica da Madeira dispõe através do seu último inquérito, cerca de 50% dos 815 inquiridos já sentiram necessidade de apoio psicológico. Estes eventos fazem parte da promoção que a Académica da Madeira prospera como agente ativo na procura de meios para garantir uma mente sã para os seus estudantes”.

Para o líder estudantil, há um querer continuar a organizar e em participar em muitos mais destes eventos, pois é “através das condições de que dispomos para realizar estas atividades [que] continuamos com muita ambição em voltar a trazer mais campeonatos cá e mostrar que também podemos fazer a diferença no desporto universitário a nível nacional”.

Entrevistas conduzidas por Carolina Silva, com Carlos Diogo Pereira.
ET AL.
Fotografia da FADU.