Os Madeira United voltam a triunfar no TROFÉU DO REITOR

Decorreu, na última quinta-feira, a 21.ª edição do TROFÉU DO REITOR, o torneio interuniversitário organizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA com o apoio da Federação Académica do Desporto Universitário e da Associação da Madeira de Desporto para Todos, que proporcionou um dia cheio de competição e bom desportivismo para os seus participantes.

Com a participação de 55 jogadores, sendo 36 desses estudantes da Universidade da Madeira, distribuídos por 7 equipas, foi realizada mais uma edição do TROFÉU DO REITOR, que não dececionou no que toca à qualidade futebolística, no fair-play e na promoção do convívio entre vários estudantes, ex-estudantes e pessoas de fora da comunidade estudantil.

Desportivamente

Com o arranque do novo ano lectivo, regressam as actividades físicas que a Académica madeirense oferece aos seus associados e a toda a comunidade académica. Assim, o desporto universitário volta a proporcionar actividades lúdicas, de lazer e de recreação tentando aproveitar a diversidade de recursos que a nossa ilha da

Foram os Madeira United que se consagraram campeões desta edição, depois de uma final bem disputada ganha nos penáltis contra os SACRAMENTO KENGAS. O capitão, Max Pestana, em entrevista para a ET AL., quando questionado “Quais as suas expectativas para este TROFÉU DO REITOR?”, declarou que as suas eram “Chegar à final e tentar fazer a melhor prestação possível.”, algo que realizou com sucesso.

Um dos temas mais abordados nas entrevistas realizadas no decorrer do torneio aos vários jogadores foi a melhoria do espaço, mais propriamente, do campo polidesportivo da Quinta de São  Roque. Tomás Ramos, jogador dos Yellow Submarine, no que toca à pergunta “Tem alguma recomendação no que podemos melhorar no Troféu do reitor?”, o mesmo disse que “O ideal era ganhar o orçamento participativo e renovar o piso.”.

Apesar da equipa dos SACRAMENTO KENGAS ter conquistado apenas o segundo lugar, algo que deve ter ficado aquém das expectativas visto terem sido os vencedores da última edição, o jogador Ricardo Bonifácio foi o melhor marcador pela segunda vez consecutiva. A equipa foi também a única a ver um cartão vermelho durante todo o decorrer da competição, atribuído ao Ricardo Fernandes na final.

O torneio organizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA estará de volta a 10 de fevereiro, para começar o segundo semestre da melhor maneira, esperando reunir o máximo de estudantes e praticantes no geral.

João Figueira
ET AL.
Com fotografia de Marta França

DESTAQUES