IT’S OKAY esteve na Zona Velha, na “Poncha do Pescador”

IT’S OKAY esteve na Zona Velha, na “Poncha do Pescador”

Miguel Bettencourt, o "Boss" da "Poncha do Pescador", considerado um dos melhores bares para beber poncha na região, é o sétimo convidado da terceira temporada do programa "IT'S OKAY". A conversa foi gravada no bar "Poncha do Pescador", na Zona Velha do Funchal, na rua de Santa Maria.

Miguel Bettencourt é um empresário madeirense que viu na noite uma oportunidade de negócio, apostando numa das mais populares da Madeira, a poncha. Este é o convidado do 37.º episódio do podcast IT’S OKAY.

Durante a entrevista, Miguel compartilhou como começou o seu gosto pela poncha, com o maracujá gigante que mandou fazer no continente. Falou dos arraiais, no aperfeiçoamento de conhecimentos sobre esta bebida tradicional até chegar aos bares da Região, tornando-se uma grande referência para a malta jovem.

Ricardo Ramos trouxe o rally de volta ao IT´S OKAY

O IT’S OKAY, um programa criado e produzido pela ACADÉMICA DA MADEIRA e dinamizado pelos estudantes da Universidade da Madeira, convidou Ricardo Ramos, para o 28.º episódio da 2.ª temporada. Ricardo Ramos é um dos nomes mais conhecidos no mundo do rally na Ilha da Madeira. Ele é um profissional experiente que trabalha há anos na área e já conquistou muitos sucessos em sua carreira.

Uma das perguntas feitas ao nosso convidado foi que diferença há entre o ele e os bosses de outros bares. O que faz tanta malta jovem frequentar e dar-se bem com ele, o “Pai da Noite”, como é chamado por muitos dos seus clientes. Miguel Bettencourt afirmou que o que o diferencia é mesmo dar-se tão bem com a malta jovem, pois considera-se como um jovem apesar dos seus 52 anos.

O episódio incluiu também algumas rubricas do podcast, como “TOP3” e a “Cadeira Quente”. Durante a primeira, Miguel afirmou que as três bebidas mais vendidas nos seus bares são as ponchas de morango e lima, de hortelã e, claro, à pescador. Ainda nos revelou quais são para si os melhores Dj’s madeirenses, as melhores festas das listas, os melhores arraiais, entre outros top. No meio destes jogos, Miguel Bettencourt disse que, apesar de fazer poncha, a verdade é que já não bebe há 24 anos.

“Se Eu Morresse Amanhã” não deixaria de ouvir o episódio com os NAPA

São a banda madeirense do momento? Para mais de 15 mil ouvintes mensais os NAPA são uma das suas bandas de eleição. Em março, a Feira do Livro do Funchal encheu para ouvi-los, tal como o seu público no Porto Santo rumou para Praça do Barqueiro em agosto. Lisboa, Porto, Funchal, Ponta do Sol e Porto Santo foram alguns dos locais das suas atuações em 2023 provando que integram, com destaque, o cenário musical.

Ao concluir, o nosso convidado lançou uma pergunta, da “Cadeira Quente”, aos ouvintes, que puderam responder no Spotify.

A edição de áudio do 37.º episódio foi realizada por Nuno Fernandes,  e a apresentação foi de Tiago Ferreira e Ricardo Afonso Fernandes.

Tomás Pontes
ET AL.
Com fotografia de Salvador Freitas.