UMa disponibiliza 675 vagas nos cursos de licenciatura para o Concurso Nacional de Acesso de 2023

Três meses antes do habitual, foram divulgadas as vagas. Não há alterações de vagas no Concurso Nacional de Acesso (CNA) para a UMa. Há, no entanto, cursos que perderam vagas e outros que ganharam vagas. A divulgação dos resultados da 1.ª fase de colocações foi antecipada em duas semanas, estando prevista para o dia 27 de agosto.

De 53.640 vagas, o CNA de 2023 registará 54.036 vagas. A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) referiu que a publicação antecipada das vagas, em comparação com os anos anteriores, é uma realização importante da revisão do sistema de acesso ao ensino superior. Segundo esse organismo público, essa antecedência permite que todos os candidatos tenham acesso prévio às informações sobre os cursos e vagas disponíveis, o que promove uma tomada de decisão mais informada durante o período de inscrição para os exames.

Alojamento estudantil de emergência humanitária

Até 1 de setembro decorre a fase de candidatura ao alojamento na residência estudantil da Universidade da Madeira. O tema da habitação para estudantes durante o curso continua a ser um problema por resolver, sendo amplamente noticiado no período de matrículas do ensino superior. Em julho, o governo decidiu priorizar

Não há variação no total de vagas disponibilizadas pela Universidade da Madeira para o CNA de 2023. Pelo contrário, há uma grande variação de vagas em várias licenciaturas.

Nos dois cursos de ensino politécnico da UMa foi registado um aumento de uma vaga em cada: licenciatura em Enfermagem, da Escola Superior de Saúde, e a licenciatura em Escola Superior de Tecnologias e Gestão.

Em 2023, a UMa disponibilizará 675 vagas

Na Faculdade de Artes e Humanidades, houve uma redução para 191 das 195 vagas de 2022. As licenciaturas em Artes Visuais e Estudos de Cultura registaram um decréscimo de duas e cinco vagas, respetivamente, existindo um aumento de uma vaga em Comunicação, Cultura e Organizações, três em Design e sete em Línguas e Relações Empresariais. A licenciatura em Psicologia manteve o mesmo número de vagas.

No CNA de 2022, a licenciatura em Comunicação, Cultura e Organizações registou 35 colocados na 1.ª fase e um colocado na fase seguinte. O curso de Línguas e Relações Empresariais registou 42 colocados na 1.ª fase e cinco na 2.ª fase.

“Neste momento não vai haver redução do contingente”

A possibilidade de redução do atual valor reservado para os candidatos oriundos da Madeira e dos Açores foi afastada pela ministra Elvira Fortunato, em visita ao teleporto de Santa Maria, no arquipélago açoriano. Após vários protestos das regiões autónomas, a governante coloca de lado a opção.

Na Faculdade de Ciências Exatas e da Engenharia há 184 vagas no CNA de 2023, uma redução em comparação com as 189 vagas disponibilizadas em 2022. Enquanto o curso de Engenharia Informática ganha dez vagas, todas as outras engenharias têm redução nas vagas do concurso. Engenharia Civil, Engenharia Electrónica e Telecomunicações e Engenharia de Computadores passam, cada um, para 15 vagas, numa redução global de 16 vagas nesses três cursos, quando comparado com o ano anterior. O curso de Matemática e de Bioquímica preservam as suas vagas (22 e 27).

De 53.640 vagas, o CNA de 2023 registará 54.036 vagas

Os cursos Faculdade de Ciências Sociais haverá menos vagas para 2023. No curso de Economia, serão 37 vagas, menos três do que em 2022. No CNA de 2022, a licenciatura em Economia teve 14 colocados na 1.ª fase de acesso e dez estudantes colocados na fase seguinte. O curso de Gestão, que mantém as 55 vagas, teve 55 colocados na 1.ª fase de 2022, mas não teve qualquer aumento de vagas para 2023. No sentido contrário, a Educação Física e Desporto, outro curso que esgotou as vagas na 1.ª fase de colocações, terá mais uma vaga do que no ano anterior, disponibilizando 31 vagas.

Ciências da Educação, com 27 vagas, e Educação Básica com 25 vagas não observam qualquer alteração. No verão de 2022, o governo tinha dado indicações para as universidades aumentarem as vagas dos cursos de formação de professores. Em 2022, o CNA registou 22 vagas preenchidas em Educação Básica, na 1.ª fase de acesso e 5 vagas na fase seguinte.

O curso de Biologia, da Faculdade de Ciências da Vida, teve um aumento de uma vaga, passando para 21. No CNA de 2022, a 1.ª fase registou 21 colocados e três colocados na 2.º fase de acesso.

O Ciclo Básico de Medicina, cujos três primeiros anos são lecionados na UMa, terá as mesmas 38 vagas em 2023. As universidades de Coimbra (aumento de cinco vagas) e do Minho (duas vagas) foram as únicas que registaram um aumento de vagas em relação ao ano anterior.

Luís Eduardo Nicolau
ET AL.
Com fotografia de Priscilla Du Preez.