HISTORY TELLERS em destaque na Escócia

HISTORY TELLERS em destaque na Escócia

Acumulando mais de dez prémios e distinções nacionais e internacionais, o HISTORY TELLERS é o programa mais premiado da ACADÉMICA DA MADEIRA. Entre 25 e 27 de junho, a Federation of European Storytelling reuniu centenas de profissionais da Europa e o HISTORY TELLERS fez a sua estreia internacional através de uma apresentação aos participantes.
Tiago Caldeira Alves participou no congresso do FEST, em Glasgow (junho de 2024), apresentando o programa HERANÇA MADEIRENSE, com o apoio da Caixa Geral de Depósitos, através do prémio Caixa Social 2023.

Através do apoio da Caixa Geral de Depósitos, com o prémio Caixa Social de 2023, o programa HERANÇA MADEIRENSE, composto pelo circuito de visitas HISTORY TELLERS, prepara-se para entrar numa nova era. Em setembro de 2024, fruto dos trabalhos de investigação que foram realizados este ano, um novo ciclo de visitas começará a ser preparado para 2025.

Parte da conceção desta preparação foi realizada entre maio e junho, durante os trabalhos de preparação do congresso da Federation of European Storytelling. No evento, realizado no final de junho, Ismael Da Gama e Tiago Alves apresentaram o resultado de mais de dez anos de trabalho da ACADÉMICA DA MADEIRA no turismo, destacando os desafios que o programa perspetiva para os próximos anos.

Em retrospetiva, em 2012, o Colégio dos Jesuítas do Funchal recebeu o início de um programa de difusão e de valorização. No ano seguinte foi inaugurado um circuito de visitas autónomas ao monumento. O primeiro circuito HISTORY TELLERS, um programa de visitas que a ACADÉMICA DA MADEIRA desenvolve no Funchal, foi inaugurado em 2014. Desde então, dezenas de milhares de turistas e estudantes têm participado nos cinco circuitos de visitas que a estrutura estudantil da Universidade da Madeira (UMa) promove no centro do Funchal, a partir do Colégio dos Jesuítas do Funchal.

Apesar de ser um serviço pago para os turistas que visitam a região, as visitas do HISTORY TELLERS são gratuitas para todos os jovens menores de 18 anos e para todos os estudantes da UMa. A ACADÉMICA DA MADEIRA, dessa forma, “pretende reforçar a importância que o património cultural deve ter na vida dos jovens”.

Depois de uma digressão pelo Reino Unido em janeiro, quando o Presidente da Direção, e um grupo de voluntários da ACADÉMICA DA MADEIRA, foram recebidos no Palácio de Westminster, a sede do parlamento britânico, o programa HERANÇA MADEIRENSE continua a promover o seu trabalho. Para 2025, os FATUM, as editoras da ACADÉMICA DA MADEIRA e o programa HERANÇA MADEIRENSE têm programadas novas ações de promoção junto dos mercados estratégicos para o turismo regional.

Luís Eduardo Nicolau
ET AL.
Com fotografia de Henrique Santos.