Saraus de fado regressam em janeiro

Os FATUM, o grupo de fados da ACADÉMICA DA MADEIRA, atuaram na sexta-feira, 2 de dezembro, no último sarau de fados de 2022. Depois da paragem devido à pandemia, e o regresso em setembro de 2021, os saraus foram variados e constantes em 2022.
Carlos Diogo Pereira, João Freitas, David Freitas e Carlos Abreu, dos FATUM, em atuação no Colégio dos Jesuítas do Funchal, em julho de 2022.

O cartaz musical da ACADÉMICA DA MADEIRA terminou com a atuação, a 2 de dezembro, dos FATUM. O público regional, nacional e internacional voltou a reunir-se no Colégio dos Jesuítas do Funchal para mais um espetáculo de fado de Coimbra.

Segundo Tomás Santos de Pontes, da organização, “o último sarau de 2022 foi uma bela forma de terminar o ano, pois todos os nossos convidados adoraram a noite musical”. O colaborador da ACADÉMICA DA MADEIRA acrescenta que “o espaço do Sarau, os chocolates e o vinho, tudo reunido fez com que os convidados tivessem uma experiência do que é o fado para nós portugueses, assim como, dar a conhecer um pouco da gastronomia madeirense”.

Gonçalo Direito e João Freitas na guitarra de Coimbra, Carlos Abreu e Diogo Freitas, na guitarra clássica, Carlos Diogo Pereira e Júlia Dória como solistas.

Os FATUM começaram a sua atividade em 2010. Ao longo de mais de uma década receberam dezenas de integrantes para afirmação e difusão da Canção de Coimbra na Madeira. Em 2014, editaram FATUM, o seu primeiro álbum, seguindo-se FADO DE COIMBRA, em 2018 e, recentemente, TRIBUTO, numa homenagem a vários nomes da música portuguesa. Mensalmente, atuam no Colégio dos Jesuítas do Funchal, já tendo pisado vários palcos nacionais e internacionais.

Em fevereiro, os FATUM atuam em Bruxelas, no Parlamento Europeu. Trata-se da quarta digressão do grupo naquela capital europeia.

O trabalho de promoção da Canção de Coimbra, parte da cultura universitária, é apoiado por vários voluntários da ACADÉMICA DA MADEIRA, oriundos dos programas de mobilidade Erasmus+, divulgam o património da nossa região através do programa HERANÇA MADEIRENSE.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotografia de Pedro Pessoa.
Na imagem, os FATUM em atuação no Colégio dos Jesuítas do Funchal.
O Sarau de fados, promovido pela ACADÉMICA DA MADEIRA, conta com o apoio do programa Erasmus+, através da participação de vários jovens em mobilidade, integrados no programa HERANÇA MADEIRENSE.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS