Novo mestrado em Gestão: uma resposta há muito esperada?

O mestrado em Gestão, na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade da Madeira (UMa), tem a sua 1.ª edição no ano letivo 2022-2023. Entre os novos cursos que a UMa abriu este ano, a Faculdade de Ciências Sociais disponibiliza um mestrado em Gestão, uma reinvindicação de muitos estudantes e alumni. Entrevistámos Carmen Fernandes, a sua diretora, para conhecer melhor este curso de 2.º ciclo.

O que levou à criação deste mestrado?

O mestrado em Gestão vem dar resposta às constantes solicitações por parte dos alunos da licenciatura em Gestão bem como de outras áreas, em aprofundar os conhecimentos na área de Gestão e obtenção do grau de mestre. Assim surge a oferta desta formação ao nível do 2.º ciclo na área da Gestão.

O que pode destacar da formação que é oferecida aos estudantes, neste ciclo?

O mestrado em Gestão será um curso de continuidade, o que significa que os alunos poderão aprofundar conhecimentos apreendidos na licenciatura, na área das Finanças, da Estratégia, do Marketing, do Comportamento Organizacional, da Contabilidade, assim como o desenvolvimento de competências em áreas como o corporate governance, gestão de empresas familiares, inovação e logística. Adicionalmente, no segundo ano do curso, os alunos terão a possibilidade aplicar os conhecimentos adquiridos, na realização de um trabalho científico. Este trabalho poderá seguir várias formas, desde a realização de um trabalho de investigação tradicional, a dissertação, a realização de um projeto, ou mesmo um estágio.

Face à aposta da internacionalização da UMa, o mestrado está preparado para a possibilidade de funcionar em formato bilíngue, para estudantes estrangeiros?

Sendo este o primeiro ano de funcionamento e estando o mestrado essencialmente orientado para os nossos alunos de licenciatura, dificilmente estarão reunidas as condições ideais para funcionar em formato bilíngue. Depois de terminada a primeira edição e após a sua avaliação, serão efetuados os ajustes necessários por forma a dirimir eventuais insuficiências. Com a continuidade, ganharemos em know-how e alargaremos a nossa rede de contatos por forma a estabelecermos parcerias fundamentais para uma possível internacionalização do mestrado em Gestão. Abona a nosso favor o facto de este ser um curso em que a língua inglesa é muito utilizada.

Para os estudantes que desejam uma formação mais profissionalizante, que mais valia constitui a realização de um projeto de final de curso?

A realização do projeto para a obtenção do grau de mestre irá permitir aos alunos o desenvolvimento de uma temática de gestão num contexto mais real, ou seja, os alunos terão a possibilidade de aplicar a teoria a um caso prático concreto. O projeto poderá abranger diferentes modalidades: um caso de estudo pedagógico; um plano de negócios para um projeto inovador; ou um projeto em empresa, em que o aluno desenvolve um determinado trabalho numa empresa e em articulação com os objetivos da mesma. Para os estudantes que pretendam uma formação mais profissionalizante, existe a possibilidade da realização do estágio no segundo ano do mestrado. Esta possibilidade surgiu como uma recomendação da Comissão da Avaliação Externa da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES). O estágio tem como principal objetivo complementar a qualificação adquirida com uma primeira inserção no mercado de trabalho.

Tratando-se de um curso novo na UMa, há parcerias estabelecidas?

No presente momento, está a ser realizado um trabalho de fundo tendo em vista a identificação de parcerias que poderão trazer elevado valor acrescentado ao curso.

Está contemplada a abertura de uma opção de estágio curricular, numa empresa parceira?

A possibilidade de realização de um relatório de estágio para a obtenção do grau de mestre é uma realidade no mestrado em Gestão. No entanto, está ainda em curso o levantamento de potenciais parcerias/protocolos com empresas para a realização desses estágios.

O que o motivou a ser diretora deste mestrado?

Tendo feito parte da equipa que realizou todo o trabalho de preparação para a estruturação do mestrado e tendo sido a pessoa responsável pelo processo de acreditação do mestrado junto da A3ES, foi com muito gosto que aceitei o convite para a direção deste mestrado. Faço votos para que este curso seja um sucesso, contribuindo de forma positiva para o aprofundamento dos conhecimentos na área da gestão.

Entrevista conduzida por Luís Ferro
ET AL.
Com fotografia de GR Stocks.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS