Programação com DOUTORECOS

A ideia que as crianças têm da programação é de que apenas serve para fazer programas. Mas o que é a programação? Como é que surgem esses programas?

As palavras “algoritmo” e “instrução” são pouco relevantes para as crianças. A verdade é que os algoritmos estão implícitos e integrados em tudo o que as rodeia. São aplicados em tudo e são usados em toda a tecnologia e em todas as decisões que as crianças tomam, diariamente.

O objetivo principal da colaboração no DOUTORECOS foi tentar explicar a crianças o que é o algoritmo. Este, mesmo que possa ser bastante complexo, é, na verdade, um conceito bastante simples de explicar e partilho aqui o resultado da experiência.

Na ótica de fornecer um bom exemplo sobre a importância de um programa bem construído para uma tarefa bem-sucedida, foi apresentado um vídeo na qual uma criança escreveu um conjunto de instruções para poder fazer uma sandes de Nutella. Conclusão: Essas instruções foram reescritas algumas vezes por falta de detalhe. O desafio para esta criança foi tentar ser mais o específica possível com as suas instruções.

Os computadores não sabem quais são os nossos pensamentos e intenções. Logo, se quisermos programar uma máquina para preparar uma taça de cereais, se não especificarmos que é necessário colocá-la em cima da mesa, ela irá acabar por deitar todo o leite no chão!

As crianças, por seu lado, podem escrever os seus próprios algoritmos, como por exemplo, um relativo ao que executam todas as manhãs! Podemos considerar o escovar os dentes ou comer cereais. Indiretamente e sem suspeitarem, elas estarão a explorar conceitos computacionais muito importantes, tais como repetições (por exemplo: escovar os dentes do lado esquerdo, do lado direito, de baixo, de cima cinco vezes), sequências (pôr os cereais na taça e, de seguida, o leite) e lógica condicional (se a taça estiver vazia, parar de comer). Com a utilização destes conceitos computacionais nos algoritmos, as crianças podem executar tarefas de uma forma rápida e simples.

As aulas de programação servem para estimular a imaginação e a criatividade do aluno, melhorando o seu trabalho em equipa e aumentando a sua concentração. A programação possui várias línguas nas quais são escritas linhas de código de um programa complexo. Quem se interessa por estas línguas, desde cedo acaba por desenvolver um melhor raciocínio lógico.

Afinal, a programação tem toda a flexibilidade, é um “pequeno, grande… gigante…” meio onde o pensamento e o raciocínio lógico podem ser expressos através da criação de ferramentas e programas que dão resposta a toda e qualquer necessidade do quotidiano.

Ana Drumond
Software Developer, Asseco PST

O DOUTORECOS é o campo de férias que a ACADÉMICA DA MADEIRA realiza nas instalações da UMa, anualmente. Nele, crianças em idade escolar, realizam atividades diversas com, entre outros, estudantes universitários e investigadores.

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA