A “Energia Fantasma”

Já imaginaste a tua vida sem energia eléctrica?
Pois é! Seria um verdadeiro apagão!

A energia eléctrica é, sem dúvida, um serviço de que já não podemos prescindir, por fazer parte das nossas rotinas diárias, em casa, nos estabelecimentos de ensino, no local de trabalho e nas demais actividades que desenvolvemos, enquanto membros activos de uma sociedade de consumo moderna.

É tão “normal” na nossa vida que, por vezes, não lhe damos a devida importância, em especial, àquela energia que, embora passe despercebida, existe e está a ser consumida.

Atento a esta realidade, o Serviço de Defesa do Consumidor da Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, associou-se à Campanha Informativa denominada “Energia Fantasma” promovida pela DECO, para alertar os consumidores de nossa região, para a energia que está a ser consumida sem nos apercebermos.

Esta campanha, que será dinamizada pelos técnicos do SDC junto da população em geral, com especial incidência nas escolas, casas do povo, centros comunitários, lares de idosos,… visa sensibilizar os consumidores da nossa região, para a necessidade de se alterar comportamentos de consumo do serviço de energia eléctrica, considerado, por lei, essencial.

O facto de os jovens serem importantes agentes multiplicadores de informação, e as pessoas mais velhas e socialmente menos activas mais vulneráveis no acesso à informação, leva a que sejam o público privilegiado desta campanha.

A adopção de comportamentos de consumo energético responsáveis será determinante no futuro, quer em termos económicos (reduzindo o valor da factura da electricidade) quer em termos ambientais (diminuindo os impactos negativos que o consumo provoca no planeta).

Mas, o que é afinal a “Energia Fantasma”?

A expressão refere-se, directamente, aos desperdícios de energia eléctrica relacionados com os consumos em stand-by e off-mode, ou seja, os consumos de energia “escondidos” nos vários equipamentos eléctricos existentes nas nossas casas, locais de trabalho,… que, mesmo estando “desligados no botão”, continuam a consumir energia, ou porque se mantém a “luz de presença” (stand by) ou porque continuam ligados à tomada/ficha (off mode).

Verás que, com pequenos gestos, é possível reduzir o consumo de electricidade e, por conseguinte, a factura e o impacto no meio ambiente.

Dicas para “caçarmos” os fantasmas da energia:

· Desliga as luzes desnecessárias, em especial, quando a luz natural é suficiente;
· Opta por lâmpadas eficientes (LED);
· Desliga, directamente da tomada, os equipamentos que não estão a ser utilizados, como por exemplo, o carregador do telemóvel, a televisão, o computador. Em stand by (com luz de presença) ou off mode (ligados na tomada) continuam a consumir energia;
· Usa roupa adequada às estações do ano, para evitar o uso de equipamentos de climatização;
· Adequa as temperaturas do frigorífico (entre 3 ºC e 5 ºC) e congelador (-8 ºC) e evita abrir a porta muitas vezes e durante muito tempo;
· Utiliza a máquina de lavar roupa/loiça com a carga máxima;
· Consulta sempre a etiqueta energética. Os equipamentos com classe A+++ são os energeticamente mais eficientes. Podem ser mais caros, mas, como consomem menos, ficam mais baratos ao longo do tempo. Podes encontrar a etiqueta energética nas lâmpadas, máquinas de lavar/secar roupa e de lavar loiça, frigoríficos, combinados e arcas, equipamentos de ar condicionado, fornos eléctricos, televisores, aspiradores. Nos computadores, encontras a etiqueta Enery Star ou o Rótulo Ecológico Europeu.

Vamos todos expulsar a energia fantasma e contribuir para a poupança de energia eléctrica, dinheiro e para a preservação do nosso Planeta.

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA