Março… mês da Floresta!

“Ao celebrar o Dia Internacional das Florestas, é relembrar a importância deste ecossistema para todos, que de modo algum podemos esquecer, numa época em que a valorização da Natureza, por vezes é ignorada…!”

No calendário anual de atividades de sensibilização florestal da Direção Regional de Florestas e Conservação da Natureza, existe, no primeiro trimestre de cada ano, um mês que se destaca pela sua importância… o de março, por ser, por excelência, o mês da Floresta. Em março são assinaladas diversas datas comemorativas muito importantes para a Floresta da Madeira: a 8, o Dia do Corpo de Polícia Florestal da RAM; a 21, o Dia Internacional das Florestas; e a 22, o Dia Mundial da Água. Apesar de todo o ano serem realizadas muitas atividades relacionadas com estas temáticas, em março é promovida uma campanha temática alusiva à comemoração destas datas que se interrelacionam. Quase que se confundem porque, na Madeira, como em todo o Mundo, a água é um elemento da natureza determinante da sobrevivência da espécie humana (elemento da natureza e da floresta). Além disso, na Madeira, o percurso ou a rota da água faz parte da dinâmica da Floresta.

A existência da Polícia Florestal quase se confunde com a história da Madeira, pois a relação entre o Homem e a Floresta é muito próxima. Celebrar a Floresta, no dia 21 de março, é celebrar também a sobrevivência do Homem neste pequeno ponto do planeta Terra, na região Macaronésica, no meio do oceano Atlântico… no arquipélago da Madeira!

Celebrar o Mês da Floresta, em particular o Dia Internacional das Florestas, é relembrar a importância deste ecossistema para todos nós. Numa época essencialmente tecnológica, a valorização da Natureza e da Floresta é, por vezes, ignorada!

Será que só devemos celebrar a FLORESTA neste mês? Como outras causas ambientais, deve ser debatida, recordada, celebrada todos os dias. É um trabalho permanente, contínuo, sem dias de descanso, fins de semana ou feriados… É um trabalho voluntário e contínuo! Recorde-se que pelos seus os objectivos, a celebração da Floresta iniciou-se na década de 70 do século XIX, em plena revolução industrial, simbolizada pela proteção das árvores. Ao longo dos tempos houve a necessidade de, explicitamente, proteger a FLORESTA e as FLORESTAS do nosso Planeta, da Nossa Casa – HOME. Por este facto, em 2013, a data 21 de março passou a designar-se DIA INTERNACIONAL DAS FLORESTAS.

Celebrar é fundamental mas como fazê-lo? Um dos objetivos resultantes do Ano Internacional das Florestas (2011) é a aproximação das pessoas à Floresta (Floresta para Todos) para tal é necessário organizar um conjunto de atividades diversas como palestras, ateliers, oficinas, percursos interpretativos em áreas naturais florestais, percursos pedestres, exposições, atividades lúdico-culturais, destinadas a diversos públicos-alvo: comunidade escolar, comunidade em geral, incluindo crianças, jovens, adultos, adultos séniores e famílias – com temas diversificados mas com algo comum: alertar, sensibilizar, educar, valorizar, compreender a dinâmica… da FLORESTA, um bem essencial para Todos.

Celebre a Floresta da Madeira…!

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA