Na senda da investigação: conhecer o CLEPUL-UMa

As atividades do CLEPUL-UMa, no ano lectivo transato, culminaram com o lançamento das atas do Congresso dos 500 anos da Diocese do Funchal.

O CLEPUL – Polo da Universidade Madeira (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) teve, neste último ano letivo, um dos momentos mais gratificantes no que toca ao trabalho dos seus jovens investigadores, com a publicação da dissertação de mestrado da Dra. Fernanda de Castro, licenciada em Ciências da Cultura e mestre em Estudos Linguísticos e Culturais pela Universidade da Madeira. Um centro de investigação existe na medida em que produz investigação original e sólida, formando e dotando os seus jovens investigadores com instrumentos, saber e, fundamentalmente, com oportunidade para demonstrarem as suas valências. O livro Utopia e Distopia: Testemunhar o Mundo em Pepetela (Estórias de Cães, Montanhas e Predadores), agora editado pelo CLEPUL e pelo CLEPUL-UMa, com a chancela da FCT, certamente contribuirá para um estudo mais aprofundado do autor angolano Pepetela, servindo de incentivo para a investigação na área dos estudos multiculturais e da lusofonia. O lançamento oficial está marcado para breve, dando a conhecer, desta forma, à Academia o trabalho de investigação dos membros do CLEPUL-UMa.

As atividades do CLEPUL-UMa, no ano lectivo transato, culminaram com o lançamento das atas do Congresso dos 500 anos da Diocese do Funchal. A obra, em dois volumes, intitula-se Diocese do Funchal: A Primeira Diocese Global e foi dirigida pelos professores doutores José Eduardo Franco e João Paulo Oliveira e Costa, e reúne as conferências e comunicações apresentadas no Congresso Internacional dos 500 Anos da Diocese do Funchal: História, Cultura e Espiritualidades.

O polo do CLEPUL esteve também muito ativo na colaboração com o Conselho de Cultura da UMa na realização dos diversos encontros do Clube de Leitura, quer a nível da moderação dos debates e das tertúlias, quer no campo da organização de uma pequena feira do livro de apoio aos eventos.

Além do trabalho relativo ao Dicionário Enciclopédico da Madeira e à preparação de mais dois volumes do À Descoberta do Dicionário Enciclopédico para Crianças, este novo ano abre com três iniciativas, através das quais o polo do CLEPUL na Universidade da Madeira pretende colaborar com o público académico e com a comunidade: a organização de um seminário, em dezembro, integrado nas comemorações 100 Orpheu, efeméride que une e converge várias instituições académicas portuguesas e estrangeiras, a participação nas comemorações dos 250 anos do nascimento de Bocage e o início das publicações de autores madeirenses “Madeira a Conhecer”. Destacamos, igualmente, a edição de duas obras dos nossos colaboradores que serão lançadas nos próximos meses.

Todos os jovens investigadores, alunos de licenciatura, mestrado e doutoramento são bem-vindos ao CLEPUL para participarem nos diferentes projetos e dar o seu contributo para a investigação na UMa, no âmbito do multiculturalismo e da lusofonia. Ficamos à espera de pessoas com vontade de descoberta.

CLEPUL – UMa

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA