Fisioterapia em pequenos animais

A fisioterapia é uma área médica com bases científicas na medicina humana e na medicina veterinária. O interesse nesta especialidade tem crescido muito nos últimos anos, multiplicando-se as técnicas disponíveis e o leque de doenças cujo tratamento beneficia da sua aplicação. A sua utilização em medicina veterinária iniciou-se na década de 70 em equinos, evoluindo para os pequenos animais a partir da década de 90 através da aplicação de técnicas e conhecimentos adquiridos na medicina humana. O grande interesse na aplicação da fisioterapia em pequenos animais resulta da utilização de técnicas não invasivas no combate à dor, na recuperação funcional da região comprometida, na profilaxia de futuras lesões articulares e na melhoria da qualidade de vida dos animais. Os principais objetivos da fisioterapia são a eliminação da causa da alteração músculo-esquelética e/ou neurológica e a melhoria dos sinais clínicos.

Numa sessão de fisioterapia recorre-se à utilização de agentes físicos como o calor, o frio, a luz, a corrente elétrica ou o som, e a agentes mecânicos como a massagem e os exercícios terapêuticos. A fisioterapia está indicada em inúmeras patologias ortopédicas e neurológicas e na recuperação pós-operatória. O acompanhamento dos animais, através de sessões frequentes de fisioterapia no pós-operatório, permite uma especial atenção à evolução do paciente, permitindo a atuação de forma célere e eficiente em qualquer complicação que possa surgir.

Raquel Fino
Médica Veterinária da SPAD

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA