Madeira United destronou os Madrilenos no TROFÉU DO REITOR

Madeira United destronou os Madrilenos no TROFÉU DO REITOR

Este artigo tem mais de 1 ano

A 17.ª edição do TROFÉU DO REITOR, o torneio interuniversitário organizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA com o apoio da Federação Académica do Desporto Universitário e da Associação da Madeira de Desporto para Todos, teve as inscrições esgotadas com oito equipas a integrar a competição. O certame regressa em abril.
Os Supremos FC e os Madeira United, vencedores da 17.ª edição do TROFÉU DO REITOR, realizada em março de 2023.

Sábado, dia 11 de março, o campo da Quinta de São Roque recebeu a XVII edição do TROFÉU DO REITOR, organizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA. O torneio de futsal interuniversitário, que é aberto ao público, teve como grandes vencedores os atletas do Madeira United.

Terminou em grande a 19.ª competição do TROFÉU DO REITOR

A 19.ª edição do TROFÉU DO REITOR, o torneio interuniversitário organizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA com o apoio da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU) e da Associação da Madeira de Desporto para Todos (AMDpT), teve, novamente, as suas inscrições esgotadas com oito equipas a integrar a competição que volta em outubro.

Num dia de jogos cheios de intensidade, realizados pelas oito equipas, o que não faltaram foram bons momentos dentro e fora de campo, protagonizados pelos atletas que integraram a competição. Com o intuito de vencer, também há procura de “um torneio alegre, divertido e que tenha um bom desportivismo”, tal como foi revelado pelo jogador dos Madrilenos, Francisco Gomes. Os Madrilenos, que conquistaram o 2.º lugar do torneio, tiveram um plantel formado por Artur Fernandes (8 golos), Danielson Moreno (2 golos), Paulo Nascimento (3 golos), Bruno Sequeira (5 golos), Francisco Gomes (3 golos) e Lucas Mendes.

O 3.º lugar do torneio foi alcançado pelos Kengas FC, a equipa com maior número de jogadores e constituída por Ricardo Fernandes (2 golos), Diogo Câmara (5 golos), Ricardo Bonifácio (2 golos), Vasco Tem Tem (2 golos), Pedro Andrade (11 golos), Artur Freitas, Guilherme Conceição, Sérgio Caires e Artur Silva. A equipa  vinha com o intuito de finalmente conquistar o ambicionado 1.º lugar da competição, mas viu os seu sonhos ficarem pelo chão na meia final. Apesar de não terem conquistado o título, viram o seu jogador Pedro Andrade distinguido com o prémio de melhor marcador do torneio, com 11 golos marcados.

Madeira United, Madrilenos e Kengas FC foram as melhores equipas

O 1.º lugar do torneio foi conquistado pelo Madeira United, composto pelos jogadores Max Pestana (5 golos), Reginaldo Perestrelo (3 golos), Carlos Jesus (1 golo), Toni Pinto (2 golos), Juan Bort (3 golos), André Castro e Edgar Freitas (6 golos).

O jogo da final foi muito renhido, tendo terminado 1-0, com o golo marcado nos últimos minutos da partida. Max Pestana confessou sobre a sua equipa, a vencedora, “entramos sempre para ganhar, mas principalmente para nos divertirmos”. Os Madeira United foram, ainda, a defesa menos batida do torneio, com apenas três golos sofridos.

Nuno Sá encestou um triplo no IT’S OKAY

O IT’S OKAY, um programa criado e produzido pela ACADÉMICA DA MADEIRA e dinamizado pelos estudantes da Universidade da Madeira, convidou o atleta do CAB Madeira Nuno Sá, para o 26.º episódio da 2.ª temporada.

Uma menção para a equipa dos FC Santola que, na sua primeira participação no torneio, conseguiram atingir o 4.º lugar. O seu jogador Cadú Godinho referiu que a realização deste evento é importante para “haver mais ligação entre os alunos e se conhecerem uns aos outros”.

O trabalho realizado pelas duas equipas de arbitragem, com as polémicas habituais do desporto que, raramente, reúnem consenso nessa matéria, foram uma garantia de apoio ao fair-play do encontro e o cumprimento das regras da modalidade. Num torneio com quatro cartões vermelhos, a arbitragem garantiu a boa fluidez dos jogos e o controlo das emoções, ao rubro, dos jogadores.

Vítor Vasconcelos
ET AL.
Com fotografia de Pedro Pessoa.