Procurar
Close this search box.

Alice, Juliana, Maria, Tomás, Bernardo e Pedro encheram a UMa de orgulho

Terminou o Campeonato Nacional Universitário (CNU) de Basquetebol 3x3, organizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA e pela Associação de Basquetebol da Madeira (ABM). O CNU foi realizado no Funchal, na Praça do Povo, envolvendo mais de uma centena de atletas de várias instituições de Ensino Superior.
Tomás Martins Dias, na foto, Bernardo Ferreira e Pedro Martins foram os representantes da ACADÉMICA DA MADEIRA nos Campeonatos Nacionais Universitários, de Basquetebol 3x3, em 2023, realizado na Praça do Povo (Funchal).

A competição masculina consagrou o Politécnico do Porto e a competição feminina a Associação Académica da Universidade do Minho na competição que atraiu mais de cem atletas de todo o país, muitos fãs da modalidade e vários curiosos que passavam pela Praça do Povo, no Funchal. A equipa masculina do Politécnico do Porto, jogando contra o Minho, venceu por 17×15. Nos femininos, a equipa minhota venceu, por uma bola, a equipa da Universidade do Porto (10×9).

Quando o desporto é, realmente, nacional

Mensalmente, a ACADÉMICA DA MADEIRA tem um espaço de opinião no JM Madeira. Ricardo Freitas Bonifácio, Presidente da Direção da ACADÉMICA DA MADEIRA, escreve este mês sobre os problemas que os estudantes enfrentam no Ensino Superior.

A ACADÉMICA DA MADEIRA foi representada por duas equipas. Nos femininos, Maria Lopes, Alice Martins e Juliana Freitas formaram a equipa madeirense, enquanto que Tomás Martins Dias, Bernardo Ferreira e Pedro Martins integraram o coletivo masculino da ACADÉMICA DA MADEIRA.

A equipa feminina foi eliminada no primeiro dia de competição, sendo vencida, com margens muito curtas, pela Universidade do Porto (13×11), Associação Académica da Universidade da Beira Interior (5×4) e Associação Académica da Universidade de Aveiro (7×5).

Os jogadores da ACADÉMICA DA MADEIRA avançaram para o segundo dia de competição, com vitórias, na segunda-feira, frente à Universidade Nova de Lisboa (15×13) e à Associação Académica da Universidade do Minho (21×19). No terceiro jogo da fase de grupos, os madeirenses perderam, por uma bola, para a equipa da Associação dos Estudantes do Instituto Superior Técnico (22×21). No segundo dia, nos quartos de final, a ACADÉMICA DA MADEIRA acabou vencida pela Associação Académica da Universidade de Aveiro, por 14×12.

Ricardo Freitas Bonifácio, Presidente da Direção da ACADÉMICA DA MADEIRA, destacou o “esforço de ambas as equipas”, numa participação inédita nos CNU, que empolgou os estudantes da Universidade da Madeira presentes na Praça do Povo.

“Estamos a ir mais além e a envolver a todos neste nosso universo do desporto universitário” – Ricardo Nora

De acordo com a Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), 15 equipas masculinas e 15 equipas femininas marcaram presença no Funchal. A Associação Académica de Coimbra, a Associação Académica da Universidade de Aveiro, a Associação Académica da Universidade da Beira Interior, a Associação Académica da Universidade da Madeira, a Associação Académica da Universidade do Minho, a Associação de Estudantes da Escola Superior de Enfermagem do Porto, a AEISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, a Associação dos Estudantes do Instituto Superior Técnico, a Universidade Nova de Lisboa, o Politécnico do Porto, a Universidade do Porto, a Associação de Estudantes da Universidade da Maia e o Instituto Politécnico de Viana do Castelo foram as instituições envolvidas no certame.

De acordo com o Presidente da Direção da ACADÉMICA DA MADEIRA, Ricardo Freitas Bonifácio, a estrutura associativa que lidera “tem trabalhado para que a prática desportiva integre o quotidiano dos estudantes, acreditando que é fundamental para a sua saúde física e mental”. O líder estudantil reforçou a importância dessas iniciativas para Universidade e para região, enaltecendo “o empenho da FADU em realizar a competição no Funchal”.

Ricardo Nora, Presidente da FADU, destacou a importância para Federação “que as suas competições e organizações de eventos, sejam desportivos ou de caráter mais institucional, sejam levados a várias academias, instituições de ensino superior e regiões do País”.

Luís Eduardo Nicolau
ET AL.
Com fotografia de Pedro Pessoa.

DESTAQUES