Sexo forte é a sugestão para o fim-de-semana

Sexo forte é a sugestão para o fim-de-semana

Este artigo tem mais de 1 ano

Duas histórias de amor complicadas por obstáculos inevitáveis e perturbadores, a força da superstição e os mecanismos do poder. Ursos não há é a sugestão do Screenings Funchal, numa parceria dos Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA.

Em Ursos não há, a personagem principal é impedida de sair de uma aldeia, sob ameaça de morte. Na tentativa de escapar, não deixa de retratar o que ocorre na povoação que a mantém é prisioneira.

Espírito de Luta

DESTERRO é a sugestão do Screenings Funchal para 11 e 12 de novembro. A sinopse da película conta que, antes de pegar fogo, o Brasil já estava pegando fogo. Um casal de classe média tenta, a todo custo, manter a estrutura que os segura. Laura vive com Israel, com quem tem um filho pequeno. Um dia, sem que alguém o pudesse prever, abandona tudo e foge. Ao desaparecer, esta mulher deixa a vida de todos os que ama em suspenso.

Jafar Panahi é um diretor de cinema e roteirista iraniano, de etnia azeri. Estudou Cinema na Universidade de Cinema e Televisão de Teerão. Nascido a 11 de Junho de 1960, aos 62 anos de idade é autor de Pegando a Estrada (2021), de 3 Rostos (2018) e de Táxi (2015).

Ursos não há é a sugestão do Screenings Funchal, numa parceria dos Cinemas NOS e a ACADÉMICA DA MADEIRA, para sexta e sábado, 24 e 25 de fevereiro. O cliente NOS, portador do seu cartão, tem direito a dois bilhetes pelo preço de um. Se for sozinho, além do bilhete, tem a oferta de um menu pequeno de pipocas e bebida. Vamos aproveitar estas vantagens com mais um momento de grande cinema que o Screenings Funchal proporciona.

Uma foto tirada a uma comunidade misógena e retródega causa sarilhos ao fotógrafo.

Onde o medo, o terror e o desespero reinam supremos, a civilização estará condenada ao esquecimento. Ou haverá uma verdade a ser revelada?

Convidamos para a experiência que este filme proporciona, na nossa companhia. Confira no site do Screenings Funchal e fique com a antevisão.

Alexandre Freitas.
ET AL.