Encontro Nacional de Direções Associativas será em Aveiro

Associação Académica da Universidade de Aveiro será a anfitriã do Encontro Nacional de Direções Associativas no sábado, 12 de novembro de 2022. A convocatória foi subscrita por mais de vinte associações estudantis.

Em junho, as direções das Associações Académicas dos Açores, do Algarve, de Aveiro, da Beira Interior, de Coimbra, de Évora, da Madeira, do Minho e de Trás-os-Montes e Alto Douro, que integram o movimento ACADÉMICAS PONTO, abandonaram o Encontro Nacional de Direções Associativas (ENDA).

A rutura foi notícia em todo o país e evidenciou o protesto em relação ao modelo adaptado pelo fórum associativo que reúne centenas de estruturas.

A intenção do ENDA não dever “ser um espaço onde as Associações Académicas, que representam 25% dos estudantes de todo o Ensino Superior, equivalem a menos de 10% da votação desse órgão” foi a justificação que Alex Faria, então presidente da Direção da ACADÉMICA DA MADEIRA, deu para sumarizar a posição do movimento.

O presidente da Associação Académica de Coimbra, João Caseiro, indicou que o “movimento não pretende sair permanentemente do fórum e criar um outro, tendo optado por estar fora da discussão deste fim de semana”.

No próximo sábado, a discussão será apenas sobre as alterações ao Regimento do ENDA. Ricardo Freitas Bonifácio, presidente da Direção da ACADÉMICA DA MADEIRA, pretende que o ENDA possa adotar um modelo de plenário híbrido, em que várias estruturas associativas, inclusive das ilhas, possam participar no fórum de forma remota, permitindo uma economia em deslocações, alimentação e alojamento.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotografia de Annie Spratt.

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA