Um trabalho de 40 e tal anos…

Este Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, o Representante da República, em nome do Chefe do Estado português, irá entregar as insígnias de comendador da Ordem do Infante D. Henrique ao historiador Rui Carita, atual Provedor do Estudante da UMa.

Esta comenda justifica-se num “trabalho de 40 e tal anos na Região, em Portugal continental, nos Açores, nas Canárias e, mais recentemente, nos Emirados Árabes Unidos” explicou o professor à ET AL., sublinhando a dedicação ao estudo da cultura portuguesa em locais da nossa diáspora histórica.

Escavações arqueológicas, recuperação de edifícios históricos, constituição de museus e realização de exposições diversas, são vários os projetos que desenvolveu, sem contar com as aulas para diferentes cursos em várias universidades nacionais e internacionais.

Rui Carita refere que tudo isto é “fruto de uma época e não é por acaso que se fizeram, 50 livros, entre outros, sobre a história do Funchal e, posteriormente, da Madeira”. Muitas dessas obras foram editadas pela ACADÉMICA DA MADEIRA, através da Imprensa Académica, nos últimos anos, incluindo a coleção HISTÓRIA DA MADEIRA, em seis volumes.

Antigo militar e professor jubilado da Universidade, Rui Carita está muito longe de entregar as armas e continua, com muito bom humor, a investigar, a publicar e, claro, a lecionar.

Portugal possui nove Ordens Honoríficas, que se agrupam tem três grupos: antigas Ordens Militares, Ordens Nacionais e Ordens de Mérito Civil. No grupo das Ordens Nacionais, com a Ordem da Liberdade e a Ordem de Camões, está a Ordem do Infante D. Henrique.

Como explica o portal da Presidência da República, a Ordem do Infante D. Henrique, criada em 1960, para assinalar o 5.º Centenário da sua morte, pretende “distinguir quem houver prestado serviços relevantes a Portugal, no País e no estrangeiro, assim como serviços na expansão da cultura portuguesa ou para conhecimento de Portugal, da sua História e dos seus valores”.

A Ordem que recebe o nome do filho do rei D. João I, cujas cores são o azul, o branco e o negro, possui seis grau: Grande-Colar, Grã-Cruz, Grande-Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro ou Dama. As insígnias da comenda são a Fita de Comendador e a Placa de Comendador. O distintivo da Ordem do Infante D. Henrique é uma cruz pátea, de esmalte vermelho, filetada de ouro.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA