Novo ano letivo começa com apoio

Ser embaixadora de um curso que não o meu foi desafiante dado que é um curso novo na UMa. Tentei orientar os colegas e criar uma ligação positiva entre a universidade e o estudante, garantindo a adaptação do mesmo a uma nova realidade. Este programa é importante pois prioriza as necessidades do estudante e esclarece as dúvidas do mesmo.

Cátia Rodrigues

 

Fazer parte do programa é uma mais valia quer para ajudar os novos alunos a conhecerem melhor a universidade e sentirem-se bem recebidos, quer também para o meu desenvolvimento profissional e pessoal. A minha experiência como embaixador tentou co0ntribuir para que os novos alunos fossem mais autônomos e a nível pessoal melhorou as minhas capacidades de comunicação.

Fábio Pita

O programa Embaixadores, da responsabilidade da Académica da Madeira e com o apoio da Direção Regional da Juventude, prevê que um conjunto de estudantes de anos avançados receba e oriente, nos primeiros dias de aulas, os estudantes recém-chegados à Universidade.

Devido às circunstâncias decorrentes da pandemia e da não organização da Receção ao Caloiro, do formato incerto das aulas (à distância ou presenciais) e do maior grau de incerteza, stress e de ansiedade com que chegam os estudantes ao ensino superior e à Universidade da Madeira, os Embaixadores assumiram uma importância extrema.

Os estudantes que responderam afirmativamente ao desafio da Académica da Madeira tiveram uma valiosa experiência de trabalho, além de devolver algo à comunidade local e à sua Universidade”. O programa complementa todas as outras ações que foram desenvolvidas quer pelos Conselhos de Curso, quer pelas Tunas quer, ainda, pelo Conselho de Veteranos. Numa época incerta, como a que hoje vivemos, o trabalho conjunto é fundamental”.

Este projeto está a ser muito gratificante, pois revejo-me nos meus colegas. Compreendo bem os seus receios e preocupações e é nesse sentido que tenho tentado deixá-los o mais confortáveis possível, explicando o funcionamento do novo ano e da própria Universidade e estando disponível para qualquer esclarecimento. Penso que o nosso papel de Embaixadores, no dia das Matrículas, foi sem dúvida uma mais valia para os novos alunos, uma vez que muitos deles se sentiam perdidos com tudo o estava a acontecer e este foi o seu primeiro contacto com a Universidade.

Inês Correia

O programa não objetivou ocupar o lugar ou substituir as atividades da praxe, atividades que este ano foram suspensas pela Reitoria da UMa. Os embaixadores intentam ser uma ligação entre a UMa e os estudantes do 1.º ano, dos cursos profissionais e licenciaturas, ajudando naquelas que são as dúvidas e anseios dos primeiros dias de aulas.

Com este novo programa da Associação Académica, foi possível acolher os novos alunos na Universidade da Madeira, de um modo que se sintam em casa. Criei um grupo virtual com todos os novos alunos de Engenharia, de forma a esclarecer todas as dúvidas que lhes ocorram acerca do seu curso, da Universidade ou de qualquer outro assunto do Ensino Superior. Ainda está para ser agendada uma visita guiada pelo Campus da Penteada, de forma a conhecer as instalações da UMa.

Alex Faria

Presidente da Direcção da

ACADÉMICA DA MADEIRA

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA