Sarau de Fados dos FATUM anuncia noite memorável em maio

Na próxima sexta-feira, dia 26 de maio, às 21:00, os FATUM, um conjunto de artistas da ACADÉMICA DA MADEIRA dedicados ao fado, irão realizar um espetáculo no Colégio dos Jesuítas do Funchal. Espera-se que o evento atraia uma grande audiência. Como é habitual, a entrada será gratuita.
Os FATUM, o grupo de fados da ACADÉMICA DA MADEIRA, no programa "Atlântida", da RTP-Madeira. O programa, emitido a 6 de maio de 2023, teve como tema os 35 anos da Universidade da Madeira.

Os saraus de fados são eventos culturais que celebram a rica tradição musical de Coimbra, destacando o estilo único do fado da cidade. Estes encontros artísticos que decorrem no Colégio dos Jesuítas do Funchal, reúnem músicos talentosos e entusiastas da música, proporcionando uma experiência única e emocionante.

Fruição e partilha musical com o Quinteto da Orquestra Clássica da Madeira

Mais um belo momento de fruição e de partilha musical, proposto pelo Quinteto Solistas da Orquestra Clássica da Madeira, no extraordinário e esplendoroso Reid’s Palace. Um concerto com programação consciente e que se quer inspiradora. Música do nosso país e de outras inspirações numa proposta musical com estéticas marcantes na

Diversos são os temas da Canção de Coimbra que compõem o espetáculo dos FATUM. Um exemplo é a canção “Maria se fores ao Baile”, que presta homenagem ao mês de maio, este referente a Maria, mãe de Jesus, e às mães em geral. Além disso, no evento, também será interpretada a “Canção da Infância” de Luiz Goes, como forma de celebrar a proximidade do Dia da Criança. Considerando que maio de 1974 marcou o início da Democracia em Portugal, teremos a oportunidade de apreciar a balada de intervenção “Vejam Bem”, de Zeca Afonso.

Os FATUM atuam mensalmente no Colégio dos Jesuítas do Funchal.

Para além dos artistas que estamos habituados a encontrar no espetáculo, podemos contar, pela primeira vez, com a presença de um novo membro do grupo, Maria Beatriz Ricardo, o segundo elemento feminino do grupo, que tocará guitarra clássica. Segundo a nova fadista, “atuar com o grupo de fados é sentir o que é a vida académica”. Também teremos o prazer de ter a presença do segundo membro mais antigo do grupo, David Freitas. De acordo com este instrumentista das guitarras clássica e de Coimbra, podemos esperar “um reportório já conhecido pelos madeirenses, tal como algumas músicas novas”.

Catarina Perestrelo
com Tomás Santos de Pontes
ET AL.
Com fotografia de Pedro Pessoa.