Votação aberta para recuperação do polidesportivo da UMa

Os munícipes do Funchal podem votar, presencialmente ou de forma remota, no Orçamento Participativo da cidade. Ricardo Freitas Bonifácio, Presidente da Direção da ACADÉMICA DA MADEIRA, apresentou uma candidatura que propõe a revitalização do piso do campo polidesportivo localizado na Quinta de São Roque.
Pavimento deteriorado do campo polidesportivo da Quinta de São Roque.

Até 28 de dezembro, os funchalenses podem votar nas propostas para o Orçamento Participativo (OP). Este ano, qualquer cidadão do Funchal pode conhecer e votar numa proposta inédita que partiu de um estudante da Universidade da Madeira (UMa) para “mudança do pavimento para melhorar as infraestruturas que estão à disposição da UMa, dos seus estudantes, dos agregados familiares e de toda a comunidade”.

Cada cidadão tem direito a votar em dois projetos distintos, podendo “participar na fase de votação todos os cidadãos, independentemente da categoria que se insiram como proponentes, de forma a elegerem as propostas de investimento que considerem prioritárias para o concelho”, esclarece a organização do OP.

Como referido na candidatura, no polidesportivo, ocorrem competições desportivas que envolvem anualmente muitos jovens, incluindo atletas, amadores e entusiastas, tanto estudantes como pessoas externas à UMa. Um exemplo notável disso é o TROFÉU DO REITOR, um torneio de futsal, e a prática de basquetebol, incluindo a vertente 3×3, que fez do Funchal a cidade anfitriã do Campeonato Nacional Universitário em 2023.

O espaço é usado para atividades sociais, prática desportiva geral, educação física e interação durante o Campo de Férias de verão DOUTORECOS, organizado pela ACADÉMICA DA MADEIRA, que envolve cerca de 250 crianças em idade escolar do Funchal e de famílias com empregos no município.

A votação e as informações sobre a proposta para recuperação da única estrutura desportiva da UMa pode ser feita aqui.

Carlos Diogo Pereira
ET AL.
Com fotografias de Pedro Pessoa.

DESTAQUES