Funchal aposta nas indústrias criativas

A autarquia funchalense divulgou informações sobre o investimento do município.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) aprovou em julho a integração do município no consórcio ‘eGamesLabs’, num projeto em que vai ser beneficiada em quase 5 milhões de euros até 2025, financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

A adesão a este consórcio das industrias criativas levou, também, à aprovação da terceira revisão ao orçamento da CMF, a submeter à Assembleia Municipal em setembro, que inclui a contabilização do projeto ‘eGamesLabs’, no valor de um milhão de euros, para 2022, numa comparticipação financeira a 100% do PRR.

O consórcio, que ficará sediado no Centro Cultural e de Investigação do Funchal (antigo Matadouro), junta 20 membros regionais e nacionais e um conjunto de parceiros internacionais.

O presidente da CMF, Pedro Calado, explica que esta entidade vai produzir videojogos e desenvolver trabalhos a nível de ciência, tecnologia e de informática. Ou seja, será criada uma zona especifica (4 salas) para o desenvolvimento de alta tecnologia, que hoje é exportada para todo o mundo.

Pedro Calado sublinha que este projeto “vai permitir aos jovens na área das tecnologias, que saem da Universidade da Madeira, poder trabalhar com empresas de renome internacional”.

Texto e fotografia da Câmara Municipal do Funchal.

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA