Associação para o Planeamento da Família no Orçamento Participativo

A Associação para o Planeamento da Família (APF) está a concorrer ao Orçamento Participativo da Região Autónoma da Madeira (OPRAM).

A APF, com presença na Região Autónoma da Madeira (RAM) há 20 anos, situa-se em São Martinho, desde 2002. Esta associação mantém-se próxima das comunidades e, sobretudo dos públicos mais vulneráveis, contribuindo para que todas as pessoas possam fazer escolhas livres e informadas relativamente à sua vida sexual e/ou reprodutiva e promover a parentalidade positiva. Este ano, a APF – Delegação Madeira está a concorrer ao OPRAM, um mecanismo de democracia participativa, no qual cada pessoa pode apresentar e decidir projetos de investimento público. Os cidadãos podem decidir através do seu voto, onde será investido uma parte do orçamento público em diferentes áreas, nomeadamente: saúde, inclusão social, desporto, cidadania, entre outras.

Importa referir que hoje, os recursos na nossa localidade de residência ainda são escassos bem como, persistem fatores pessoais como a vergonha ou o preconceito, que nos inibem geralmente de procurarmos os serviços de saúde para questões no âmbito da Saúde Sexual e/ou Reprodutiva. Quando falamos nos rastreios de Infeções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), nomeadamente para deteção do VIH/sida, Hepatite B, Hepatite C e Sífilis, tudo se complexifica seja pelo estigma, medo ou vergonha que possam estar associados. Como tal, o projeto ao qual concorremos, a APF Outdoor procura, através da aquisição de uma unidade móvel (carrinha adaptada), a realização de gabinetes de saúde, de forma anónima, gratuita e confidencial, cujo objetivo será complementar os serviços de saúde existentes neste âmbito. Deste modo, esta unidade móvel irá permitir abranger um maior número de pessoas, de diversas faixas etárias, de variadas zonas geográficas da RAM, permitindo-nos estar presentes em universidades e escolas de forma a esclarecer e combater o estigma cultural e promover a prática segura e positiva.

Assim, através da intervenção de uma equipa multidisciplinar, este projeto tem como principais objetivos a extensão dos serviços da APF a toda a ilha, designadamente: a sensibilização para adesão do uso do preservativo (externo e interno) bem como a sua distribuição e de gel lubrificante; a educação, adaptada a cada faixa etária, sobre as vantagens e limitações inerentes ao uso de cada um dos métodos contracetivos, a identificação de comportamentos de risco que promovem a transmissão de IST´S; os sintomas recorrentes em caso de IST; o autoexame da mama; a correta higienização dos genitais; esclarecimento quanto aos procedimentos no que concerne ao acesso a determinados serviços do serviço regional de saúde, realização dos testes de gravidez e dos testes rápidos para as IST’s; o reencaminhamento, em caso de um resultado positivo, para o serviço regional de saúde; a monitorização de outros indicadores de saúde como a pressão sanguínea, glicemia capilar e peso; a entrega de brochuras e folhetos informativos; o aconselhamento individual e/ou em casal; e outras atuações neste campo que se verifiquem necessárias.

Assim sendo, de forma a garantir o decréscimo de novos casos de IST’s e a promoção da Saúde Sexual e/ou Reprodutiva, torna-se relevante a sensibilização contínua para os meios de transmissão, a promoção do diagnóstico precoce através dos rastreios, e o aconselhamento. Importa salientar que um diagnóstico precoce de uma IST constitui-se importante na diminuição da probabilidade de transmissão e promoção da saúde da pessoa. Deste modo, vimos por este meio pedir a sua colaboração.

Poderá ajuda-nos a ganhar e a amplificar a nossa intervenção por toda a Madeira através do seu voto! Esta votação poderá ser realizada até dia 25 de setembro através do envio de um SMS gratuita, sem qualquer custo, enviando SMS para o número 3301, seguido de espaço, colocando depois GRM021, seguido de espaço, OPRAM277(o número da nossa proposta), seguido de espaço e por fim, colocando o seu número de identificação civil. Exemplificando a mensagem a ser enviada para o número 3301: GRM021 OPRAM277 NIC. Também, poderá realizar a votação através do portal ou da Aplicação Móvel do OPRAM, utilizando as credenciais de acesso ao portam SIMplifica. Importa ressaltar que cada cidadão tem direito a um voto numa proposta de âmbito municipal e a um voto numa proposta de âmbito supramunicipal.

Caso queira saber mais informações acerca da APF e o que temos vindo a fazer, poderá aceder ao nosso portal. E, igualmente, deixamos a nossa lista de contactos.

Jéssica Silva
Associação para o Planeamento da Família
Delegação da Madeira
Com fotografia de CDC.

APF Madeira
Rua da Vargem n.º 30 R/C
9000-705 São Martinho, Funchal
Telefone: +351 29 161 18 51
Telemóvel: +351 93 258 18 78
E-mail: apfmadeira@sapo.pt
Facebook.

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA