A Linguística

Linguística é uma ciência insuficientemente conhecida. Comparando com outras áreas do saber, poucas são as pessoas que a identificam. A linguagem, manifestada nas línguas, é a matéria que estuda.

Há quem não saiba o que é a Linguística. Algumas pessoas restringem-na à Gramática para definir o que está certo (segundo a norma) ou errado (contrário à norma). Há quem pense que não tem relação com a Comunicação, ao encará-la como uma área distinta. Certas pessoas reduzem-na à inutilidade, por apenas estudar a linguagem. A falta de conhecimento poderá advir do ensino básico e secundário, explicando o desconhecimento do cidadão comum e, estranhamente, de estudantes universitários.

No conjunto das ciências, a Linguística é um caso singular. Partilhando das características das ciências humanas, já que a linguagem verbal é um produto do ser humano, não deixa de ser uma ciência social (um dos pilares fundamentais da sociedade é a linguagem, sobretudo a verbal). No entanto, também possui uma cientificidade que a leva para outra dimensão. Por exemplo, a Fonética, na vertente Articulatória, compartilha de conhecimentos da Anatomia e, no ramo da Acústica, liga-se à Física. A Linguística está na base de várias disciplinas, incluindo a Terapia da Fala, e é essencial a muitos domínios do saber, como a Antropologia ou o Direito. Porém, acaba por ser pouco valorizada, o que é inexplicável. Procurar razões para este facto implicará concluir que são múltiplas.

Uma delas radicará na reduzida importância que uma comunidade confere à sua língua. Os fracos conhecimentos linguísticos manifestam-se diariamente. Faltam palavras aos jovens (e aos adultos), que não conseguem articular um discurso para explicar o que desejam ou o que pensam. Usam termos com sentidos que não têm e confundem-nos com outros. Estes são problemas interessantes para a Linguística e de que os falantes não se dão contam. Vocábulos como “espartilhar” e “estofar” podem ilustrar o fenómeno?

1.

Que termo é sinónimo de “espartilhar”?
a) fragmentar b) ajustar c) vestir

Solução: Dos três verbos apresentados, “ajustar” será o sinónimo de “espartilhar”.

Explicação: Incompreensivelmente, usa-se “espartilhar” com o sentido de “fragmentar”, mas significa “apertar com espartilho”, ou seja, “ajustar algo”. Formou-se com “espartilho” e “-ar”. O espartilho é uma peça de vestuário feminino que funciona como uma cinta. Já passou de moda, mas ainda é usado para apertar o corpo da mulher, ajustando-o a medidas estereotipadas.

2.

Que termo é sinónimo de “estofar”?
a) cultivar b) acolchoar c) refogar

Solução: O verbo “acolchoar” é o sinónimo de “estofar”.

Explicação: Embora aconteça, não se deve confundir “estufar” e “estofar”. Enquanto “estufar” aponta para “aquecer”, relacionando-se com “estufa”, “estofar” interliga-se com “estofo”, isto é, “um enchimento”. Coloca-se um problema de homofonia, sendo a Semântica imprescindível para o resolver.

Helena Rebelo
Professora da UMa

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA