À conversa com… João Baptista

Já dizia o grande 23 do Chicago Bulls, Michael Jordan: “Talent wins games, but teamwork and intelligence wins championships.”

Quando contabilizo quase dois anos após chegar a presidente da Associação Académica da UMa (AAUMa), concluo logo dois pontos importantes. O primeiro é que o tempo passa mesmo rápido. E o segundo é que trabalhar em equipa é mesmo fantástico.

Fazendo uma retrospectiva bastante ao de leve surgem-me logo projectos como o UMajuda, o Pátio dos Estudantes, a Revista JA, a Gaudeamus, a Bolsa de Alimentação, o Colégio dos Jesuítas, o Grupo de Fados, os Arraiais, o Troféu do Reitor e os Doutorecos. Quando tento observar o que fazem outras associações, deduzo que fazemos algo único. Sei logo que estamos a progredir transversalmente em várias áreas, com diversos objectivos, que nos fazem crescer a um ritmo alucinante. Considero que nós somos poucos para aquilo que fazemos. Apenas é possível fazer tudo isto quando se está perante uma equipa de colaboradores única, que todos os dias interessam-se em contribuir para a sociedade em nome da nossa academia e em nome desta Associação. Esta equipa vê claramente que estar na AAUMa é útil em diversos sentidos, tanto para o público-alvo de cada um dos projectos, como para quem está a trabalhar nestes projectos, pois adquire aptidões que nunca irá obter na sala de aula e que levará para a sua vida, pessoal ou profissional.

Enviar um simples e-mail ou uma carta, estar numa reunião, na organização de eventos, no planeamento de iniciativas nas vertentes da comunicação e de marketing, resolver problemas inesperados, fazer atendimento à comunidade em geral e estar preparado para ajudar os estudantes, os seus colegas, são tarefas do dia-a-dia. E é completamente normal que surjam problemas pois uma equipa é constituída por várias personalidades, com opiniões e visões diferentes. Como se resolvem estes problemas? Se o objectivo de todos for o mesmo, lutar pelos interesses dos estudantes e ter uma postura exemplar e responsável perante toda a sociedade, então os problemas são resolvidos através do diálogo. Não existem fórmulas mágicas para o sucesso de cada iniciativa nossa. É o trabalho, a dedicação, a união e a excelência de quase 80 colaboradores.

Aprendemos todos os dias ao lidarmos com as diversas pessoas que passam pela AAUMa, desde funcionários, docentes e não docentes, estudantes, antigos estudantes, crianças, idosos e até turistas, ou seja, toda a comunidade. Queremos que mais estudantes façam parte desta equipa para que cada um usufrua desta experiência, aprenda a ser melhor, e para que esta Associação continue a crescer com aquilo que todos os colaboradores têm para ensinar.

Além de tudo isto, as pessoas que trabalham nas diversas iniciativas ganham amizades para a vida. É tudo isto que queremos promover. Muito me honra ter uma equipa como esta e de aprender todos os dias com ela. E é isto de que me orgulho ao longo de quase de dois anos como presidente.

João Baptista
Presidente da Direcção da AAUMa

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA