Estão abertas as candidaturas para a bolsa municipal da Ponta do Sol

Até ao dia 31 de outubro, estão abertas as candidaturas à Bolsa de Estudo para estudantes residentes no concelho da Ponta do Sol, incluindo os que estão a estudar fora da região. Se resides no concelho, não percas esta oportunidade.

Pelo quarto ano letivo consecutivo, os estudantes universitários da Ponta do Sol têm a oportunidade de se candidatar a bolsas de estudo atribuídas pela Câmara Municipal da Ponta do Sol (CMPS), que considera “a aprendizagem é uma base essencial no progresso enquanto cidadãos e enquanto munícipes ativos”.

A candidatura é entregue preferencialmente por, correio eletrónico, até ao último dia útil de outubro (segunda-feira, 31). Porém, o estudante que não possua chave móvel digital, para assinatura dos documentos, ou em caso de erro informático, deve entregar os documentos em papel no Serviço de Ação Social da CMPS (na Loja do Munícipe), dentro do mesmo prazo.

Candidaturas aos apoios municipais da Ponta do Sol terminam no final do mês.

Conforme indicado na página da CMPS, para efetuar a candidatura deve ser enviada mensagem para o endereço unidade.desenvolvimento@cm-pontadosol.pt, com o assunto “Candidatura Bolsa de estudo | nome do aluno requerente“.

Na mensagem devem constar todos os documentos, em formato *.pdf e numerados, conforme a lista seguinte: (1) Fotocópia do Cartão Cidadão do aluno, pais e irmãos; (2) Atestado de Residência – pedir na Junta de Freguesia; (3) IBAN que basta ser solicitado numa caixa bancária automática; (4) Documento de inscrição no ano letivo para o qual requer a bolsa que indique o número de créditos a que se inscreve; (5) Documento do aproveitamento com indicação do número de créditos obtidos (exceto para alunos a frequentar o 1.º ano da Licenciatura); (6) Plano de estudos do curso que inclua discriminação das disciplinas de cada ano e número de créditos de cada uma delas (a entregar somente no 1.º ano de candidatura à bolsa do Município); (7) Documento com o valor da propina para o ano letivo a que o aluno se candidata; (8) recibo de renda do aluno que resida no território continental ou no arquipélago dos Açores ou, na sua ausência, declaração dos serviços da Universidade a informar que o aluno não reside nas residências Universitárias geridas pela sua Universidade; (9) Comprovativo de renda da habitação do agregado familiar ou documento que indique os encargos mensais, resultantes de empréstimo bancário, com juros e amortizações para fins de aquisição, construção ou beneficiação de habitação própria permanente do agregado familiar; (10) Comprovativo de rendimentos/pensões/prestações de todos os elementos do agregado maiores de idade, incluindo o aluno (ver indicação na página do município); (11) Declaração emitida pelos Serviços de Finanças onde constem os bens imóveis e o seu valor patrimonial individual, de todos os elementos do agregado familiar – pedir nas Finanças; (12) outros documentos que sejam considerados indispensáveis para a análise da candidatura.

Os documentos 4, 5, 6 e 7, referentes à instituição de ensino que o aluno frequenta, podem ser solicitados pelos estudantes da Universidade da Madeira através da plataforma infoalunos.uma.pt ou contactando o Gabinete de Apoio ao Estudante.

Na página da UMa, encontram-se os planos de curso publicados em Diário da República (partilhamos o exemplo da licenciatura em Artes Visuais), que podem ser acedidos nas hiperligações da nota “A Consulta desta informação não invalida a consulta do Plano de Curso em Diário da República.”

Para mais informações, a Câmara disponibilizada o telefone dos Serviço de Ação Social: 925 790 700.

Luís Ferro
ET AL.
Com fotografia de Markus Winkler.

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA