10 Conselhos para a tua vida académica

O ano lectivo já começou e, consequentemente, a tua vida académica também. Estes irão ser os melhores anos da tua vida. Porém, podes ser assolado por muitas dúvidas, a adaptação ao ensino superior pode ser difícil e até um pouco assustadora no início. No fim do primeiro ano, a UMa será como uma segunda casa, uma segunda família para ti. Estes conselhos irão, espero eu, tornar o processo de adaptação mais rápido e simples.

1
Entrar na universidade é fácil, difícil é sair!

O aspecto mais importante da academia e o motivo que te obriga a desembolsar cerca de cem euros todos os meses. A educação é o que nos permite evoluir na nossa vida e o que nos torna animais (mais) racionais. A inércia é tentadora, contudo não compensa se for necessário repetir cadeiras.

2
Não te isoles!

Quando chegas à universidade sem conhecer ninguém, a integração pode parecer mais complicada. Não tenhas medo, pois logo nos primeiros meses já vais ter mais amigos.

3
Respeito acima de tudo!

Lembra-te de que não és o único membro da Academia. Os regulamentos não existem para serem ignorados. Os outros alunos, os professores e os funcionários devem ser respeitados.

4
Cuidado com os teus hábitos alimentares
!
É mais rápida, mais prática e mais deliciosa, mas comer fast-food todos os dias é prejudicial e mais caro. A refeição na cantina universitária é equilibrada, saudável e económica.

5
Fica atento às despesas!

O mais certo é chegares ao fim do mês com pouco ou nenhum dinheiro na conta. Tenta poupar algum todos os meses para uma emergência pois, garanto-te, que, mais cedo ou mais tarde, irás necessitar.

6
As bolsas são uma grande ajuda!

Mesmo que já te tenha sido atribuída a bolsa da DGES, concorre a bolsas de outras instituições público-privadas, porque um rendimento extra dá sempre jeito. As que são atribuídas pelas câmaras municipais são um dos muitos exemplos.

7
Noites perdidas, cadeiras chumbadas!

Dormir é uma das poucas armas que tens contra o stress. Tens tempo de estudar durante o dia, desde que não deixes o trabalho para o último momento. Logo dorme bem (excepto no fim-de-semana), caso contrário o teu corpo e a tua mente vão sofrer.

8
A praxe é fixe!

É chato encher. Todavia, a praxe pode ser divertida. Este é o único ano em que podes libertar o louco que tens dentro de ti, sem que te internem num asilo psiquiátrico. Só precisas de te lembrar de que não és obrigado a fazer o que não queres.

9
Bebe moderadamente!

Sair à noite com os amigos é outra das formas que tens de desanuviar, mas não cometas excessos. Se não te controlares, o mais certo é arrependeres-te no dia seguinte de tudo o que fizeste, isto se tiveres alguma memória do que aconteceu.

10
Vive o espírito académico e diverte-te!

Estes anos irão proporcionar-te algumas das melhores memórias da tua vida e como não duram para sempre, aproveita enquanto podes. Estuda, faz novas amizades, paixões de uma noite (ou mais), amores, sê praxado, praxa e, acima de tudo, diverte-te.

Miguel Andrade
Estudante da UMa

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA