Reprodução nos cães

A puberdade nas cadelas, e portanto, o momento a partir do qual se podem reproduzir tem o seu início entre os 5 e os 12 meses de idade, sendo que cadelas de raças pequenas atingem a puberdade mais cedo do que as cadelas de raças grandes. Animais de raça gigante como, por exemplo, o São Bernardo e o Dogue Alemão podem atingir a puberdade só próximo dos 24 meses de idade.

Os sinais de que temos uma cadela com cio são: vulva e glândulas mamárias aumentadas de volume e um corrimento sanguinolento pela vulva numa fase inicial. Nesta fase os cães são atraídos pelas fêmeas, mas estas não os aceitam podendo mesmo tentar morder. Findos 4 a 13 dias o corrimento passa de avermelhado a amarelo transparente e a cadela está na fase fértil aceitando os cães durante 1 a 2 semanas.

A duração total do cio é de 3 semanas em média e a frequência dos cios é em média a cada 6/7 meses, todavia poderemos encontrar algumas fêmeas que não sejam regulares.
O tempo de gestação é de 63 dias desde a data da ovulação, que pode não ser a mesma data da cópula, daí que o tempo de gestação pode variar entre 58 a 63 dias se for contado a partir da data da cópula. Cada cadela pode ter 2 ninhadas por ano (não se aconselhando tanta frequência). Cada fêmea tem em média 6-10 cachorros, contudo raças pequenas tendem a ter ninhadas de número inferior.

Durante o tempo de gestação é importante que se verifique se existe algum corrimento vulvar (opaco, amarelo, castanho, esverdeado ou avermelhado) sugestionando que pode existir algum problema (morte fetal, aborto, infecção) sendo imperativo recorrer ao médico veterinário.

É importante também ter uma ideia da data prevista para o parto. Na última semana de gestação, para além de algum nervosismo, ansiedade e perda de apetite o abdómen da cadela dilata e fica muito descaído, há produção de leite e em algumas cadelas a temperatura retal desce para 37,2º, aproximadamente 24 horas antes do parto.

Cláudia Paixão
SPAD – Funchal

OS NOSSOS PARCEIROS
A NOSSA EQUIPA